Category Archives: Comentaristas

Sormani compara volantes de Flamengo e Fluminense: ‘João Gomes joga mais que André’
   27 de agosto de 2022   │     17:00  │  0

Sormani comparou joias de Flamengo e Fluminense (Reprodução/ESPN)

Sormani comparou joias de Flamengo e Fluminense – (Foto: Reprodução/ESPN))

Foto: Lance!

Comentarista analisou o desempenho dos dois jogadores no programa ‘ESPN F90’ da última quinta-feira.

Sormani não ficou em cima do muro e deu uma declaração polêmica no programa “ESPN F90” da quinta-feira passada. O comentarista comparou João Gomes com André e afirmou que o volante rubro-negro joga mais que joia tricolor.

– Só para deixar claro: o João Gomes, do Flamengo, joga mais que o André, do Fluminense. O tempo vai provar que eu estou certo – disse Sormani.

A declaração do comentarista vem rendendo muita repercussão nas redes sociais. João Gomes e André possuem 21 anos e são duas promessas do futebol brasileiro que vem se destacando nesta temporada.

O Flamengo venceu o São Paulo por 3 a 1. Fluminense e Corinthians empataram por 2 a 2. Ambos os confrontos foram válidos pelo jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil. João Gomes marcou o primeiro gol rubro-negro no Morumbi e André construiu diversos ataques tricolores no Maracanã.

Arivaldo Maia com Redação doLance!

Casagrande revela isolamento na Globo e conta bastidores de saída no Bola da Vez: ‘Achei estranho’
   19 de agosto de 2022   │     17:00  │  1

Casagrande participa do Bola da Vez, da ESPN, ao lado de André Plihal, Celso Unzelte e Gian Oddi.

Casagrande participa do Bola da Vez, da ESPN, ao lado de André Plihal, Celso Unzelte e Gian Oddi.

(Foto: Divulgação / Estadão)

Comentarista explica relação com a emissora carioca, mas se diz surpreso por decisão às vésperas da Copa do Mundo.

O ex-jogador Walter Casagrande Júnior revelou ao programa Bola da Vez, da ESPN, bastidores de sua saída da Globo, ocorrida no mês de julho. O comentarista afirmou que se sentia isolado na emissora carioca e que começou a perceber rompimento quando deixou de comentar os jogos da seleção brasileira.

“O que eu achei muito estranho, sinceramente, foi eu sair três meses antes de uma Copa do Mundo, sendo que desde 1999 eu fui o principal comentarista da seleção brasileira. Todas as Copas, Olimpíadas, todos os jogos da seleção brasileira até 2018, na Copa, fui eu que fiz sempre. Trocava o outro comentarista, mas eu, o Galvão (Bueno) e o Arnaldo (Cezar Coelho) sempre permanecemos, desde 1999. Então, quando começou eu sair dos jogos da seleção brasileira, eu já comecei a perceber uma estranheza”.

O último jogo do Brasil em que Casagrande esteve presente foi em novembro de 2021.

Casagrande reafirmou que a saída da Globo se deu em comum acordo. O ex-jogador explicou que já amadurecia a ideia de deixar a emissora há alguns anos, mas que partiram da Globo as conversas para sua saída antes do fim do contrato. Casagrande tinha vínculo até o fim de 2022 e estaria escalado para cobrir a Copa do Mundo do Catar.

“Foi questão de escolha. Eu já expliquei. Quando vai acontecer um divórcio, mesmo que as duas partes queiram aquilo ali, alguém tem que tomar a iniciativa, alguém tem que chamar: ‘A gente não está se relacionando bem, vamos nos separar’. Alguém tem que tomar a iniciativa e a iniciativa não veio da minha parte. Mesmo eu querendo sair, fazia uns três anos que eu estava pensando nisso, amadurecendo”.

Mas eu pensei: ‘Eu tenho que ter certeza, porque eu estou seguro aqui. Uma empresa que eu trabalho há 25 anos, conheço como funciona, sei meus limites.’ Eles sempre me deram a liberdade de me posicionar sobre qualquer coisa”, disse Casão.
Casagrande também explicou que nos últimos tempos se via como uma voz isolada dentro da Globo e que seu estilo já não parecia corresponder mais ao que a nova direção da emissora esperava.

“Quando eu fui contratado, me disseram assim: ‘Estou contratando aquele comentarista da ESPN, que dá opinião direta, não tem relação com ninguém, é totalmente independente. Se vier aqui e, só porque é TV Globo, vai ficar em cima do muro, eu não quero. Quero aquele cara lá, estamos precisando de um cara de opinião’. Eu fiquei à vontade. De uns três anos para cá, eu comecei a perceber uma diferença em relação aos meus posicionamentos. O que antes tinha eco, parou de ter eco”, iniciou o comentarista.

“Havia companheiros de televisão se posicionando politicamente ou na parte social, ou cobrando um posicionamento de desmatamento da Amazônia, vacina, isolamento social. Enfim, sobre tudo o que nós passamos nos últimos tempos tinham pessoas se posicionando e eu fazia eco para essas pessoas.

A partir de um determinado momento, só ficou eu falando, sem eco, mudavam de assunto e eu comecei a perceber que eu estava sendo um pouco isolado. Ou seja, a nova direção tinha um outro modo de trabalhar. Eu não sou contra, respeito e não tenho bronca nenhuma. Isso é uma questão de escolha”, finalizou Casagrande.

Arivaldo Maia com matéria do Estadão

Após deixar a Globo, Casagrande define onde irá trabalhar
   14 de julho de 2022   │     17:00  │  1

Walter Casagrande – (Foto: Reprodução)

Comentarista deixou a emissora carioca na última semana.

Casagrande está de casa nova. Dias após anunciar sua saída da TV Globo, o ex-jogador foi anunciado como reforço da equipe de colunistas do “UOL Esporte” e escreverá no portal a partir do próximo dia 18.

Além de assinar uma coluna sobre futebol e o mundo, Casão também fará o programa Cartão Vermelho, com Juca Kfouri e José Trajano. Além disso, ele será enviado para a Copa do Mundo no Catar, em novembro.

“Casagrande entende muito de futebol, dentro e fora do campo. Ainda carrega uma bagagem pessoal e uma sensibilidade ímpar, enriquecendo as discussões para além do esporte”, afirmou Vinícius Mesquita, gerente geral do UOL Esporte.

“O público do UOL valoriza informação de qualidade e bons debates. A contratação de Casagrande nos permite ter abordagens ainda mais plurais sobre o futebol, destacando a importância desse esporte no imaginário e no cotidiano do nosso público”, disse Murilo Garavello, diretor de conteúdo do UOL.

Casagrande anunciou sua saída da TV Globo na última quarta-feira. As partes optaram, em comum acordo, por encerrar o vínculo que iria até o fim do ano.

Arivaldo Maia com [email protected]

‘Sou dependente químico igual aos que estão na Cracolândia’, afirma Casagrande
   13 de julho de 2022   │     21:00  │  0

Walter Casagrande – (Foto: Reprodução/Globoplay)

Comentarista afirmou que esteve ‘perto da morte’ por conta das drogas.

Comentarista da Globo por 24 anos, Walter Casagrande deixou após “comum acordo” entre as partes. Depois da saída da empresa, o ex-jogador conversou com o “Domingo Espetacular”, da Record, e falou sobre a luta contra as drogas durante a carreira como atleta e comentarista.

“Sou dependente químico igual aqueles que estão na Cracolândia (forma de chamar uma área de rua com pessoas com dependência química). Se eu vacilar, se não prestar atenção nos meus comportamentos, eu vou para a rua. A droga para mim é caminho da morte. O dependente químico é mentiroso e muito manipulador, porque ele não pode falar que está usando droga”, disse Casagrande.

“Tive perto da morte diversas vezes, fiquei internado um ano para me tratar. Ficar isolado, internado, é muito difícil. Batalhei para caramba, fui encontrando meu caminho, minha estrada, entendendo psicologia e comportamento humano. Eu tenho minha história para contar, para tocar as pessoas. Que elas pensem: “Se ele conseguiu, eu também posso””, completou.

Casagrande é dependente químico desde os 14 anos, e chegou a sofrer um grave acidente de carro em 2007 em São Paulo por conta do uso de drogas. O ex-jogador, que passou por São Paulo, Corinthians e Flamengo, revelou ter conseguido dar a volta por cima com ajuda da família e amigos.

Arivaldo Maia com LANCE e 

 

Mauro Cezar vê Hugo Sousa cometendo ‘erros inexplicáveis’ e pede goleiro na reserva do Flamengo
   27 de maio de 2022   │     5:00  │  0

Mauro Cezar Pereira criticou o narrador Sérgio Maurício por chamar flamenguistas de 'duros' e 'favelados'Mauro Cezar pediu a saída de Hugo Sousa do time titular do Flamengo (Foto: Reprodução/Jovem Pan)

Mesmo com o triunfo do Rubro-Negro, o goleiro saiu vaiado e viu seu nome ficar entre os assuntos mais comentados do Twitter nas últimas horas.

Hugo Sousa voltou a ser alvo de críticas de torcedores do Flamengo após falhar na vitória sobre o Sporting Cristal, na noite da última terça-feira, 24, no Maracanã, pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. Mesmo com o triunfo, o goleiro saiu vaiado e viu seu nome ficar entre os assuntos mais comentados do Twitter nas últimas horas.

Para Mauro Cezar Pereira, comentarista da Jovem Pan, o caso do arqueiro é uma soma de falta de segurança com erros técnicos. No entendimento do jornalista, o arqueiro precisa ser preservado por Paulo Sousa e passar a ficar no banco de reservas.

“O caso de Hugo Sousa não parece ser apenas psicológico, fruto de enorme pressão e insegurança. Tecnicamente o goleiro comete erros, alguns inexplicáveis. Provavelmente terá que tentar corrigir graves deficiências antes que seja tarde para ele. Hoje não há como seguir titular”, comentou Mauro Cezar Pereira, através de sua conta oficial no Twitter.

Apesar do mau momento no Rubro-Negro, o técnico Paulo Sousa minimizou o novo erro do jovem e não deu sinais de mudanças para as próximas partidas – o Flamengo volta a campo neste domingo, 29, quando enfrenta o Fluminense, pelo Brasileirão.

“Em relação ao Hugo e a todos jogadores, existem sempre falhas. Procuramos sempre melhorar para caminharmos próximos da perfeição. Nesse campanha o Hugo sofreu um gol defensável. É algo que procuramos estabilizar, com ele e todos os outros jogadores. Procurar dar confiança para tomarmos as melhores decisões, por vezes não tomamos as melhores decisões. Mas temos que saber ultrapassar essas situações. Ele, sendo um goleiro de 23 anos, vive um processo de crescimento para ultrapassá-las”, disse o técnico português, em entrevista coletiva.

Arivaldo Maia com Redação da Jovem Pan