Category Archives: Clubes Alagoanos

CSA quer ampliar vantagem no G4; CRB quer distância do Z4
   23 de outubro de 2018   │     0:05  │  0

Os resultados da 32ª rodada deixaram a disputa pelo G-4 apertada. Líder, o Fortaleza disparou e abriu nove pontos para o quinto colocado. A briga está acirrada para as outras três vagas.

Em quarto, o CSA viu o Vila Nova encostar. Empate com 51 pontos, e aumento da responsabilidade para enfrentar o Brasil de Pelotas. Partida de hoje está marcada para às 19h15, no Rei Pelé.

As duas últimas rodadas sem vencer tiraram a vantagem do CSA no G-4. Quando bateu o Paysandu, chegou a 50 pontos.

O Vila era o sétimo, com 45 pontos. A derrota para a Ponte Preta, em casa, e o empate com o Coritiba fizeram o Azulão cair para o quarto lugar.

O Vila aproveitou os tropeços, fez valer o mando de campo e venceu nas duas rodadas: ganhou do Boa Esporte e Juventude, em Goiânia.

Dois pontos separam o segundo colocado, o Goiás, para o quinto, o Vila Nova. O detalhe são as disputas diretas na 33ª rodada.

Hoje o Goiás recebe o Avaí. Um ponto separam os dois na classificação. O outro confronto é entre Londrina x Vila Nova. O time paranaense está em sétimo, mas a diferença para o CSA é de quatro pontos. Ainda pode chegar perto na disputa.

As seis rodadas finais do CSA

33ª rodada: CSA x Brasil de Pelotas (23/10)
34ª rodada: Sampaio Corrêa x CSA (02/11)
35ª rodada: Fortaleza x CSA (06/11)
36ª rodada: CSA x Atlético-GO (10/11)
37ª rodada: CSA x Avaí (17/11)
38ª rodada: Juventude x CSA (24/11)

CRB TREINA PARA FICAR BEM LONGE DO Z4

O CRB voltou aos treinos na manhã de ontem, iniciando a semana do São Bento. Agora, o Galo se prepara para enfrentar um adversário que como ele figura na parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro da Série B. A partida será no próximo sábado (27), às 16h30, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP).

A rodada passada (32ª) foi perfeita para o Galo da Praia, pois além de ter ganho do Goiás em casa viu Juventude, Paysandu, Sampaio Corrêa e Brasil-RS perderem. Com isso, os três primeiros seguem no Z4 enquanto que o time de Pelotas (RS) está a apenas dois pontos à frente do CRB.

A equipe do treinador Roberto Fernandes passou a ocupar o 16º lugar, com 35 pontos. O meia Felipe Menezes, que entrou no intervalo do jogo contra o Goiás, no lugar de Rafael Carioca, fala sobre a perspectiva do seu time nesta reta final.

– Independente do adversário, a gente precisava da vitória para dar fôlego para a equipe. Espero que após os 2×0 sobre o Goiás a confiança retorne ao grupo para que novos resultados positivos se repitam e que no fim nosso time saia dessa incômoda situação que nos acompanha na maior parte do campeonato. Aqui todos sabem que cada partida passa a ser uma decisão. Mas temos que encarar jogo a jogo e agora vem o São Bento, que está logo acima de nós e consequentemente também luta para não cair.

O CRB perdeu dois jogadores por suspensão para o duelo de Sorocaba/SP. O zagueiro Anderson Conceição e o lateral Rafael Carioca receberam o terceiro amarelo no jogo contra o Goiás.

O técnico Roberto Fernandes já trabalha para definir os substitutos, embora o anúncio fique para o próximo sábado, momentos antes do início do jogo no interior paulista.

Textos: Arivaldo Maia, Gazetaweb e Globoesporte/AL

Amanhã tem CSA x Brasil/RS; CRB perde 2 titulares
   22 de outubro de 2018   │     0:05  │  0

Amanhã o CSA vai contar com todo o elenco para encarar o Brasil-RS, às 19h15, no estádio Rei Pelé. A partida vai abrir a 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Jhon Cley deixou o 2º tempo do jogo contra a Ponte Preta, relatando sentir o músculo adutor da coxa direita.

Com isso, ficou ausente do jogo contra o Coritiba. Jhon Cley se junta a Juan e Pio. Estes também não enfrentaram o Coritiba, mas por motivo disciplinar: estavam suspensos pelo terceiro cartão amarelo aplicados na 31ª rodada.

O desempenho do CSA em casa caiu nos últimos jogos. Tomando como base o time azulino mandante – jogou no Rei Pelé o clássico como visitante –, são três jogos, com uma vitória e duas derrotas. O time venceu o Paysandu sem um futebol convincente e perdeu para Vila Nova e Ponte Preta, deixando uma interrogação na cabeça do torcedor.

Restando apenas seis jogos para o final da Série B, o CSA ainda terá três jogos em casa e três partidas fora de casa. Se o time azulino melhorar seu desempenho em casa, dará um passo decisivo para o acesso. Com mais nove pontos, o Azulão chegaria a 60 pontos na tabela só com os jogos em casa e ficaria a uma vitória ou dois empates fora para provavelmente carimbar seu acesso.

O torcedor azulino promete jogar junto amanhã. Será o duelo do 4º colocado contra o 15º. O time alagoano brilha na Série B com 51 pontos, enquanto que o Brasil/RS tem 37 pontos. Detalhe importante: uma vitória azulina vai segurar o adversário desta terça na parte baixa da tabela, já que o time gaúcho tem 37 pontos, dois acima do CRB na tabela de classificação da Série B.

CRB COM DESFALQUES PARA O DUELO DE SOROCABA

Com aplicação do cartão amarelo o CRB perdeu dois jogadores para a próxima rodada da Série B, contra o São Bento, fora de casa. O zagueiro Anderson Conceição e o lateral Rafael Carioca receberam o terceiro amarelo na brilhante vitória contra o Goiás. Estão suspensos automaticamente, criando mais um problema para o técnico Roberto Fernandes.

Conceição é titular, tendo participado de 27 rodadas da Segundona até aqui. Um provável substituto é o zagueiro Lázaro. Para a vaga de Rafael Carioca, que vem atuando mais à frente, Fernandes tem mais opções.

Com a vitória sobre o Goiás, o CRB chegou aos 35 pontos, deixando a zona de rebaixamento, ocupando agora o 16º lugar na tabela da Série B.

O técnico alvirrubro terá tempo suficiente para promover mudanças no time do CRB em função dos desfalques, já que o duelo contra o São Bento será realizado no próximo sábado, dia 27/10, às 16h30, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba/SP.

Textos: Arivaldo Maia, Francisco Cardoso/Gazetaweb e Gazeta de Alagoas.

Empate melancólico mantém jejum do São Paulo e gera protestos
     │     0:02  │  0

“Não é mole, não. Eu estou cansado de time amarelão”. Esse foi o tom dado pela torcida tricolor após o empate por 0 a 0 diante do Atlético-PR, diante de 13.053 pessoas no gelado estádio do Morumbi, sábado passado. O resultado levou o jejum de vitórias do São Paulo para seis rodadas no Campeonato Brasileiro e manteve o Furacão com péssimo retrospecto longe de seus domínios (9 derrotas e 6 empates).

A igualdade, além de elevar a pressão sobre os paulistas, deixou o ex-líder na quarta colocação, com 53 pontos, seis atrás do Palmeiras. Os paranaenses, por sua vez, ficam com 40 pontos, na oitava posição.

Como já se suspeitava na véspera, Além de Anderson Martins e Bruno Peres, suspensos, Diego Aguirre barrou Nenê e Jucilei do time titular. Luan e Gonzalo Carneiro foram os escolhidos pelo treinador na busca pela eficiência de outrora. O Atlético-PR, por sua vez, surpreendeu apenas ao deixar Lucho González no banco de reservas.

Na prática, nenhuma das duas equipes conseguiu executar bem sua estratégia de jogo durante o primeiro tempo. A temperatura baixa no Morumbi pode ter contagiado os jogadores em campo, responsáveis por nenhuma bola ter ido a gol até o intervalo.

O único lance de perigo nos 45 minutos iniciais partiu do grandalhão atacante uruguaio do São Paulo. Uma saída de bola errada dos zagueiros paranaenses deixou a bola nos pés de Carneiro. Com sua passadas largas, o jovem aplicou um lindo drible da vaca em Paulo André e cruzou. Diego Souza saltou o quanto pôde, suficiente apenas para pegar de casca de cabeça e mandar a bola no travessão.

Foi só. O São Paulo ficou menos de 40% do tempo com a bola sob seu domínio, não chegou a 100 passes trocados e viu o adversário cozinhar a partida no restante. Uma pixotada do goleiro Jean que rumou à lateral ao ter a bola recuada resumiu bem o tamanho da frustração dos são-paulinos nas arquibancadas com o que estava sendo apresentando.

Apesar dos pesares, o apito final decretou o 0 a 0, aumentou ainda mais o tormento do São Paulo e manteve o Furacão como um visitante que pouco incomoda. As atenções, então, ficaram com parte da torcida tricolor, que não escondeu sua insatisfação e protestou.

Nesse clima melancólico, os são-paulinos passarão a semana toda trabalhando para o próximo desafio, contra o Vitória, no Barradão, às 19h30 de sexta-feira. No dia seguinte, o Furacão receberá o Botafogo, às 21h, na Arena da Baixada.

Blog com Gazeta Esportiva

CRB perde jogadores para o duelo de Sorocaba/SP
   21 de outubro de 2018   │     16:09  │  0

O CRB perdeu dois jogadores para a próxima rodada da Série B, contra o São Bento, fora de casa. O zagueiro Anderson Conceição e o lateral Rafael Carioca receberam o terceiro amarelo na brilhante vitória contra o Goiás. Estão suspensos automaticamente, criando mais um problema para o técnico Roberto Fernandes.

Conceição é titular do Regatas, tendo participado de 27 rodadas até aqui. Seu substituto será o zagueiro Lázaro. Para a vaga de Rafael Carioca, que vem atuando mais à frente, Fernandes tem mais opções.

Com a vitória sobre o Goiás, o CRB chegou aos 35 pontos, deixando a zona de rebaixamento, ocupando agora o 16º lugar na tabela da Série B.

Arivaldo Maia

Torcida do CRB festeja vitória contra o Goiás
   19 de outubro de 2018   │     23:09  │  0

 

O flagrante de Ailton Cruz diz tudo: o torcedor do CRB comemora com razão. Os alvirrubros festejam uma vitória que sinaliza a qualidade do time no momento de reagir.

O Regatas tem jogadores de experiência e qualidade técnica indiscutível. A resposta demorou, mas acalma e tranquiliza sua imensa torcida, indicando novas vitórias no que resta da Série B.

O Goiás tem o plantel mais caro da competição. É visitante abusado. Aqui, perdeu a viagem.

Leia mais na edição deste sábado do blog mais acessado da Gazetaweb.

Arivaldo Maia