Category Archives: CBF

Brasileirão não poderá começar após as 21h30, diz CBF
   7 de outubro de 2018   │     0:01  │  0

A CBF atendeu pedidos de jogadores e clubes e estabeleceu mudanças para o calendário do futebol brasileiro em 2019. Na nova agenda a entidade definiu alterações nas datas do Campeonato Brasileiro Séries A e B, adiantamento das finais da Copa do Brasil e cravou o horário de 21h30 como limite para início dos jogos noturnos para todas as competições.

O calendário do próximo ano começa no dia 2 de janeiro, com a abertura da pré-temporada, que terá 18 dias, quatro dias a mais que em 2018. Em seguida, será dada a largada dos campeonatos estaduais, que continuam com 18 datas para a realização das partidas entre 20 de janeiro e 21 de abril, respeitando a qualificação técnica obtida neste ano e os contratos vigentes.

As disputas da primeira divisão começam no dia 28 de abril e vão até 8 de dezembro. Já na Série B, os confrontos serão realizados entre 27 de abril e 30 de novembro. Para não coincidir com as rodadas finais da Série A e dos torneios continentais, a Copa do Brasil terá período de intervalo reduzido entre as partidas de ida e volta das quartas de final, semifinais e finais. Desta forma, a competição terá início no dia 6 de fevereiro, com finais nos dias 4 e 11 de setembro, e não vai haver conflito com a definição dos campeões brasileiros e das copas Libertadores e Sul-Americana, que serão conhecidos em novembro e dezembro.

Apesar de uma melhoria na organização do calendário do futebol nacional, as datas serão novamente impactadas por um torneio internacional. Assim como aconteceu em 2018 com o Mundial da Rússia, as principais competições brasileiras terão uma pausa no período de disputa da Copa América, que será realizada no país entre 14 de junho e 7 de julho.

Na elaboração do calendário nacional, a CBF procura relacionar as datas disponíveis estabelecidas a partir de contratos existentes, da agenda do futebol mundial e da legislação vigente.

“Um dos grandes desafios da CBF é aprimorar o calendário, distribuir melhor as competições durante o ano e oferecer aos torcedores dias e horários de jogos cada vez melhores. Fizemos um movimento nesta direção e vamos avançar mais em 2020”, avalia o Diretor Executivo de Gestão e presidente eleito da CBF para o próximo quadriênio, Rogério Caboclo.

Blog com Terra Esportes

CBF divulga calendário do futebol brasileiro para 2019
   3 de outubro de 2018   │     18:29  │  0

A CBF publica, nesta quarta-feira (3), o calendário do futebol brasileiro para 2019. O Campeonato Brasileiro da Série A começará em 28 de abril e vai até 8 de dezembro. A Série B irá de 27 de abril até 30 de novembro. Já a Copa do Brasil terá seu início no dia 6 de fevereiro. As finais acontecerão nos dias 4 e 11 de setembro. Boa notícia para clubes, atletas e torcedores é que, em 2019, todos os jogos noturnos começarão até o horário de 21h30.

O calendário do futebol brasileiro em 2019 inicia no dia 2 de janeiro, com a abertura da pré-temporada, que terá 18 dias, quatro a mais do que em 2018. Os campeonatos estaduais continuarão a ter 18 datas disponíveis, entre 20 de janeiro e 21 de abril, respeitando a qualificação técnica obtida neste ano e os contratos vigentes.

A exemplo do que aconteceu em 2018, o calendário do ano que vem será impactado por um torneio internacional. Neste caso a Copa América, que será realizada no Brasil entre 14 de junho e 7 de julho. Neste período, as principais competições nacionais terão uma pausa. 

O calendário reduz para uma semana o intervalo entre as partidas de ida e volta das quartas de final, semifinais e finais da Copa do Brasil. O torneio terminará em setembro. Com isso, não vai mais coincidir com as rodadas finais da Série A e das copas continentais. 

A mudança distribui ao longo do ano as principais decisões. Em abril, serão definidos os campeões estaduais. Em setembro, o vencedor da Copa do Brasil. E em novembro e dezembro os campeões brasileiros e os das copas Libertadores e Sul-Americana.

A elaboração do calendário nacional é o exercício de alocar nas datas disponíveis os contratos existentes, a agenda mundial do futebol e a legislação vigente.

– Um dos grandes desafios da CBF é aprimorar o calendário, distribuir melhor as competições durante o ano e oferecer aos torcedores dias e horários de jogos cada vez melhores. Fizemos um movimento nesta direção e vamos avançar mais em 2020 – avalia o Diretor Executivo de Gestão e presidente eleito da CBF, Rogério Caboclo.

Blog com site da CBF e Wellington Campos/Timaço

CBF entrega lista de desejos à Fifa
   26 de setembro de 2018   │     10:17  │  0

Infantino se reuniu com Caboclo
O presidente Infantino, da FIFA, se reuniu com Caboclo, presidente da CBF (Foto: JOHN SIBLEY / REUTERS)

 

Na reta final do mandato do Coronel Nunes, o presidente eleito da CBF, Rogério Caboclo, teve uma reunião com o presidente da Fifa, Gianni Infantino. Além de estreitar relações, ele colocou sobre a mesa uma série de demandas. A tentativa é desatar alguns nós criados por movimentos adotados pela Uefa e também tentar destravar temas aos quais a própria CBF, indiretamente, causou estagnação.

Com o Sul-Americano Sub-20 às portas (em janeiro), a CBF se depara mais uma vez com a dificuldade de assegurar a liberação de jogadores para a competição, que é classificatória para o Mundial, mas não acontece em data Fifa. Caboclo levou a Infantino a proposta de que a entidade estabeleça obrigatoriedade de liberação por parte dos clubes para competições sub-20, desde que o atleta em questão tenha contrato profissional. Exportador de jogadores, o Brasil tem muitos bons nomes em ligas do exterior.

O calendário de amistosos foi outro assunto. Depois da Copa do Mundo, a seleção brasileira enfrentou EUA e El Salvador. Enquanto isso, as equipes europeias deram o pontapé inicial na Liga das Nações. A competição foi criada para ocupar as datas Fifa que antes serviam para amistosos. A questão é que, ao fechar o círculo para que europeus enfrentem europeus, as opções de adversários para as outras seleções fora do continente caem em um terço. A situação preocupa Conmebol e CBF. Caboclo discutiu com Infantino a busca por alternativas para evitar os efeitos desse isolamento dos europeus.

Legado da Copa de 2014 também é assunto

Caboclo ainda reforçou o pedido à Infantino para que a Fifa aprove o curso de técnico da CBF como válido para o território mundial. A certificação não é reconhecida na Europa, o que limita a entrada de treinadores do país nesse mercado. O assunto será discutido pelo Conselho da Fifa.

O fundo de legado da Copa de 2014 é outro tema pendente. A decisão de fazer uma empresa para gerir os US$ 100 milhões dados pela Fifa mudou. A CBF, como no plano original, antes dos escândalos de corrupção, será a gestora da verba. Mas o projeto está estagnado. Caboclo e Infantino abordaram o assunto.

O futuro presidente da CBF ainda se posicionou contra a ideia que tramita na Fifa de estabelecer um único período de transferências internacionais de jogadores. Na perspectiva do Brasil, isso seria prejudicial, já que a temporada em território nacional começa em janeiro, quando os campeonatos europeus estão na metade, e nessa época não seria possível montar elenco com reforços de fora do país. Ao mesmo tempo, com a janela única, haveria um êxodo muito maior de atletas brasileiros na metade do Brasileiro, o que descaracterizaria os times.

Blog com EXTRA

Convocação de Tite não relaciona atletas que terão jogos decisivos
   21 de setembro de 2018   │     12:59  │  0

Desta vez Tite pensou melhor. Nem preciso escrever muito para dizer que, desta vez, o treinador do Brasil foi coerente.

Desfalcar os maiores clubes brasileiros, para utilizar os nossos destaques em alguns jogos sem expressão, não é justo.

Nesta rodada de dois jogos, dias 12 e 16 de Outubro, vale ter atenção no duelo com os argentinos. Antes, enfrentar a Arábia Saudita não significa absolutamente nada em se tratando do nosso cartel.

Confira os convocados de hoje, sem esquecer que farão jogos comercializados por antigos dirigentes da CBF. cujo desempenho na entidade máxima do Brasil, sem dúvidas, comprometeu seriamente o nosso futebol campeão tantas vezes.

Confira a lista de convocados:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Éderson (Manchester City) e Phelipe (Grêmio);

Defensores: Alex Sandro (Juventus), Danilo (Manchester City), Éder Militão (Porto), Fabinho (Liverpool), Marquinhos (PSG), Marcelo (Real Madrid), Miranda (Inter de Milão) e Pablo (Bordeaux);

Meio-campistas: Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fred (Manchester United), Philippe Coutinho (Barcelona), Renato Augusto (Beijing Guoan), e Walace (Hannover);

Atacantes: Éverton (Grêmio), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Malcom (Barcelona), Neymar (PSG) e Richarlison (Everton).

Texto: Arivaldo Maia

Tite faz seis trocas na Seleção para amistoso com El Salvador
   11 de setembro de 2018   │     0:04  │  0

Tite prometeu e vai cumprir. A Seleção Brasileira terá várias caras novas para o amistoso desta terça-feira, contra El Salvador, marcado para às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Fedex Field, em Washington (EUA).

Ao todo, serão seis trocas em relação a equipe que iniciou o confronto diante dos norte-americanos, na última sexta-feira. Alisson, Fabinho, Thiago Silva, Filipe Luís, Fred e Firmino vão dar lugar para Neto, Militão, Dedé, Alex Sandro, Arthur e Richarlison.

Como o treinador terá direito a seis substituições durante a partida, ainda há a expectativa para outros atletas, entre eles, Andreas Pereira, Felipe, Lucas Paquetá e Everton.

Depois do amistoso contra El Salvador, a Seleção Brasileira de despedirá dos Estados Unidos. Um novo encontro está programado para os dias 12 e 16 de outubro, quando a equipe de Tite enfrentará Arábia Saudita e Argentina.

Blog com Gazeta Esportiva