Category Archives: Campeonatos Estaduais

CSA x CRB: No fim de janeiro já tem clássico programado
   14 de novembro de 2022   │     7:00  │  0

Reunião do arbitral do Campeonato Alagoano 2023 — Foto: Leonardo Freire/GE

Reunião do arbitral do Campeonato Alagoano 2023 — (Foto: Leonardo Freire/GE)

A Federação Alagoana já divulgou a tabela do campeonato estadual de 2023. Na primeira rodada, marcada para 11 de janeiro, o CRB recebe o Cruzeiro de Arapiraca, o CSE duela com o CSA, o ASA encara o Coruripe e o Murici joga contra o Aliança.

Na primeira fase, os oito times se enfrentam em turno único e os quatro melhores avançam para os mata-matas da semifinal. O último colocado será rebaixado para a Segunda Divisão.
A Federação ainda não definiu os locais dos jogos porque precisa dos laudos de todos os estádios. No próximo ano, as datas de algumas rodadas também podem mudar em razão de partidas dos times alagoanos na Copa do Nordeste e na Copa do Brasil.

Rivalidade

O primeiro clássico de 2023 está marcado para a segunda rodada, entre CSA e ASA, no Rei Pelé. Rivais da capital, azulinos e regatianos se enfrentam na quarta rodada, no final de janeiro (dia 25 ou 28), com mando de campo do CRB. Na quinta rodada, o ASA recebe o CRB em Arapiraca.
O término da primeira fase está previsto para 25 de fevereiro. Mais para frente, a decisão do Alagoano está marcada para 8 de abril. Antes, a previsão da federação era para o campeonato acabar em 9 de abril, um domingo, mas a data mudou para sábado.

Extra

A seletiva para a terceira vaga na Copa do Brasil será disputada nos dias 2 e de 5 abril entre o campeão da Copa Alagoas e o terceiro colocado do estadual.

TABELA DO ALAGOANO

1ª rodada – 11/01

CRB x Cruzeiro
CSE x CSA
ASA x Coruripe
Murici x Aliança

2ª rodada – 14 ou 15/01
CSA x ASA
Cruzeiro x Murici
Coruripe x CSE
Aliança x CRB

3ª rodada – 18 ou 21/01

ASA x CSE
CRB x Coruripe
Aliança x Cruzeiro
CSA x Murici

4ª rodada – 25 ou 28/01

CRB x CSA
Coruripe x Aliança
CSE x Cruzeiro
Murici x ASA
5ª rodada – 1 ou 4/02
ASA x CRB
Cruzeiro x Coruripe
CSA x Aliança
CSE x Murici

6ª rodada – 8 ou 11/02

CRB x CSE
Murici x Coruripe
CSA x Cruzeiro
ASA x Aliança

7ª rodada – 25/02

Murici x CRB
Coruripe x CSA
Cruzeiro x ASA
Aliança x CSE

Semifinais

Ida – 11/03

Volta – 18/03

Finais

Ida – 1/04
Volta – 8/04

Arivaldo Maia com Redação do ge – Alagoas

Campeonato Alagoano de 2023 começa em 11 janeiro e tem o término previsto para 9 de abril
   2 de novembro de 2022   │     13:30  │  0

Reunião do arbitral do Campeonato Alagoano 2023 — Foto: Leonardo Freire/GE

Reunião do arbitral do Campeonato Alagoano 2023 — (Foto: Leonardo Freire/GE)

Com oito times, estadual tem formato parecido com o deste ano.

Os dirigentes dos oito times participantes do Campeonato Alagoano de 2023 se reuniram nesta terça pela manhã e traçaram os planos para a nova temporada. Desta vez, a reunião do Conselho Arbitral foi realizada pela Federação Alagoana no Five Sports Bar, no Maceió Shopping.

Os participantes do estadual em 2023 são: ASA, CRB, Cruzeiro-AL, CSA, CSE, Desportivo Aliança, Murici e Coruripe, campeão da Segunda Divisão deste ano.

A novidade deste ano é que o estadual começa mais cedo, até porque, com a Copa do Mundo, CRB e CSA vão dar férias em novembro. De acordo com o que foi definido no arbitral, o Alagoano será aberto 11 de janeiro – o de 2022 começou em 19/01 – e tem final prevista para 9 de abril.

A novidade deste ano é que o estadual começa mais cedo, até porque, com a Copa do Mundo, CRB e CSA vão dar férias em novembro. De acordo com o que foi definido no arbitral, o Alagoano será aberto 11 de janeiro – o de 2022 começou em 19/01 – e tem final prevista para 9 de abril.

Terceiro lugar

Não haverá mais a disputa pelo terceiro lugar. O time melhor classificado, contando com a semifinal, ficará na terceira posição e vai disputar seletiva com o campeão da Copa Alagoas para decidir uma vaga na Copa do Brasil.

Estádios

Presidente da Federação Alagoana, Felipe Feijó disse que a maior preocupação é com a iluminação dos estádios e também com o gramado.

– Todo início de campeonato a gente começa esperançoso e empolgado para tentar fazer um melhor estadual a cada ano. A nossa fórmula de disputa é simples e objetiva. Temos alguns desafios postos, um deles é melhorar nossa infraestrutura. A gente tem um problema muito bem identificado, que é a questão da iluminação (dos estádios), e a gente tem que enfrentar. Não dá para mudar as coisas do dia para noite, mas vamos criar um período de adequação mínima para superar isso num futuro próximo.

Vagas

Segundo o regulamento, o vencedor do estadual confirma vaga nas copas do Brasil e do Nordeste. O vice garante lugar na Copa do Brasil e o terceiro colocado disputa uma vaga na Copa do Brasil com o vencedor da Copa Alagoas.

Uma vaga na Série D será destinada ao time melhor classificado no estadual que não esteja disputando outras séries do Brasileiro.

Um detalhe é que, segundo a federação, as vagas na Copa do Nordeste vão depender ainda dos critérios estabelecidos pela CBF.

A fórmula

1ª Fase – Os oito times jogam entre si em turno único, com partidas só de ida. Quando terminar a primeira fase, os quatro melhores se classificam para a semifinal.

Rebaixamento – O último colocado da primeira fase cai para a Segunda Divisão.

Semifinal – Esta etapa terá um cruzamento olímpico (1º x 4º e 2º x 3º), com o primeiro e segundo colocados disputando o jogo de volta em casa. Se houver empate na soma dos dois jogos do mata-mata, a decisão da vaga será nos pênaltis.

Final – Será disputada em dois jogos, com a segunda a partida tendo como mandante a equipe que tiver a melhor pontuação em todas as etapas do Alagoano. Não há vantagem em caso de empate na soma dos dois resultados. Caso a fase final termine em igualdade, o campeão será conhecido através da cobrança de pênaltis.

Arivaldo Maia, Leonardo Freire e Victor Mélo – Redação do ge – Alagoas

 

Paulistão pode ter nova fórmula em 2023. Veja as opções!
   2 de outubro de 2022   │     21:00  │  0

palmeirasPalmeiras é o atual campeão do Paulistão – (Foto: Futebol Interior)

As propostas já estão sendo estudadas pela FPF.

No dia 1º de novembro será realizado, na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), o Conselho Técnico do Paulistão 2023. O torneio, que terá 16 datas, poderá ter sua fórmula alterada. As propostas serão debatidas entre os representantes dos 16 clubes participantes, além de dirigentes da entidade máxima do futebol de São Paulo.

São duas as possibilidades que estão sendo levantadas e as mudanças devem ocorrer apenas no sistema de classificação. Ou seja, os 16 clubes seriam novamente divididos em quatro grupos. A primeira proposta é que os classificados sejam os times com as melhores campanhas no geral. Já a segunda opção classificaria os melhores primeiros de cada grupo e os quatro mais bem pontuados.

O mata-mata também está em discussão. Há possibilidade dos confrontos serem por campanha, com o 1º na classificação geral enfrentado o 8º e assim por diante.

Os 16 times participantes são: Água Santa, Botafogo-SP, Corinthians, Ferroviária, Guarani, Inter de Limeira, Ituano, Mirassol, Palmeiras, Portuguesa, Red Bull Bragantino, Santo André, Santos, São Bernardo e São Paulo.

Arivaldo Maia com Agência Futebol Interior

Federação Paulista suspeita de manipulação em três jogos e pede investigação à policia
   8 de junho de 2022   │     23:00  │  0

Catanduva x Andradina, pela quarta divisão paulista — Foto: Fran Zanini/Catanduva FC

Catanduva x Andradina, pela quarta divisão paulista — (Foto: Fran Zanini/Catanduva FC)

Partidas da última divisão profissional e do sub-20 são analisadas; num lance, jogador quase fez gol contra de calcanhar, mas goleiro defendeu.

A Federação Paulista de Futebol prepara um ofício à polícia civil de São Paulo para que investigue uma suspeita de manipulação de resultados na quarta divisão estadual.
Há indícios de que atletas do Andradina tenham atuado de modo a prejudicar a própria equipe no duelo em que o time foi goleado pelo Catanduva por 7 a 1, na última sexta-feira.

Segundo apurou o ge, um ofício será encaminhado à Drade (Delegacia de Repressão aos Crimes de Intolerância Esportiva), responsável por casos como esse. A procuradoria do TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) de São Paulo também será oficiada.

Há três jogos em investigação sob suspeita de manipulação de resultados, dois deles do Andradina: contra o Catanduva e contra o Fernandópolis, derrota por 4 a 2. A terceira partida é Independente 2 x 2 Capivariano, pelo Paulista sub-20.

De acordo com uma pessoa com conhecimento das apurações, dois desses jogos têm grau elevado de suspeita, enquanto outro tem grau médio.

Na segunda-feira, o presidente do Andradina, Nei Giron, o técnico Rogério Ferreira, o China, e membros da equipe de arbitragem foram ouvidos pela delegada Margarete Barreto, que é membro da Comissão de Integridade e da Corregedoria de Arbitragem da FPF.

Ela prepara um relatório para encaminhar junto com os ofícios à polícia civil e ao TJD.
Nos depoimentos, os membros da equipe de arbitragem teriam afirmado “estranhamento” com alguns lances do jogo.

– Vou ser sincero, estou vendo um certo exagero. No outro dia do que aconteceu em Catanduva (derrota por 7 a 1), teve um jogo que foi 8 a 1 (União Mogi x Atlético Mogi). O jogo estava 2 a 0 e o juiz deu um pênalti para nós, mas não expulsou o goleiro que derrubou nosso atacante. Fizemos 2 a 1 e o jogo ficou super equilibrado até metade do segundo tempo – disse ao ge o presidente do Andradina, Nei Giron.

– Me perguntaram também por que um jogador tentou fazer um golaço de calcanhar, mas contra. Prefiro acreditar que é ruindade mesmo, um desânimo. Não sei. O Atlético Mogi perdeu de oito e ninguém está falando nada, o Brasil perdeu de sete da Alemanha e ninguém falou nada – completou.

Giron também disse que pediu que a investigação fosse ampliada aos árbitros:

– Não é normal quatro pênaltis em um jogo. A dúvida sempre vem em cima dos atletas, mas essa arbitragem da Bezinha é horrível.

A FPF já informou, em nota, que havia encaminhou as suspeitas para a Comissão de Integridade.

 

Com excelente público no Alfredo Leahy, Penedense bate o Dínamo por 3 a 0 na abertura da 2ª divisão
   15 de maio de 2022   │     4:00  │  0

Penedense e Dínamo fizeram o 1º jogo da Segundona em 2022 – (Foto: FAF)

Com apoio da torcida em grande número, Alvirrubro faz boa partida e estreia com o pé direito.

O Estádio Alfredo Leahy recebeu o retorno do Penedense na tarde de ontem (14) e no melhor estilo. Estreando na 2ª divisão do Campeonato Alagoano, o Alvirrubro venceu o Dínamo por 3 a 0, em uma bela atuação. Os gols foram marcados por Tubinho, Jonathan e Joanderson.

O resultado deu a primeira liderança do Estadual para o Penedense, porém, ainda aguarda os resultados dos duelos entre CEO x FF Sport e Miguelense x Coruripe, que fecham a rodada. Porém, fato é que o clube terminará a rodada no G4. O Dínamo fica bem longe do G4, ainda zerado.

O jogo

O duelo foi movido com grande expectativa pelo torcedor do Penedense, que não via a equipe em campo, profissionalmente, há um bom tempo. O Alvirrubro começou bem melhor, com pelo menos três chutes na direção do gol. Na quarta tentativa, o Siri não resistiu. Tubinho, que começou jogando muita bola, recebeu um passe certeiro na área, girou e abriu o placar logo aos 18 minutos.

Na volta do intervalo, o Tricolor começou muito bem e parecia que o clube diminuiria o resultado. O atacante Riquelme foi o mais acionado. Primeiro tentou de cabeça, mas Luis defendeu. Com 15′, ele chegou livre na área, mas Henrique cortou na hora H para salvar o Penedense.

Aos 21 minutos, veio o lance que matou o confronto. Joanderson fez uma linda jogada. A bola passou por Polinho, chegou em Jonathan, que devolveu para Joanderson, invadindo a grande área e estufando as redes tricolores pela terceira vez. O último gol praticamente desmotivou o Dínamo em campo, que pouco fez e segurou lá atrás para não sofrer mais. Aos 48, veio o apito final, que decretou a grande vitória do Penedense.

Calendário

As duas equipes já entram em campo nesta quarta-feira (18) e no mesmo horário, às 15 horas. O Penedense joga em casa novamente, no Alfredo Leahy, contra o Zumbi. Já o Dínamo recebe o Miguelense, no Estádio Ferreirão, em São Miguel dos Campos.

CEO E FF SPORT

Na outra partida, CEO e FF Sport Nova Cruz também fizeram suas estreias na 2ª divisão do Alagoano. Jogando no Estádio Edson Matías, em Olho d’Água das Flores, os clubes tiveram um confronto equilibrado, mas os donos da casa aproveitaram as melhores oportunidades para somar uma vitória por 3 a 1. Índio, Guilherme e Pastor marcaram para o CEO, Pedro Lucas descontou para o clube pilarense.

Arivaldo MaIa e Guilherme Magalhães – Gazetaweb