Category Archives: Boxe

Vitor Belfort desafia Jake Paul após derrotar Hollyfield: “Pare de fugir”
   13 de setembro de 2021   │     21:00  │  0

Vitor Belfort vibra com a vitória sobre Hollyfield — Foto: Douglas P. DeFelice/Getty Images

Vitor Belfort vibra com a vitória sobre Hollyfield — Foto: Douglas P. DeFelice/Getty Images)

Aos 44 anos, Vitor Belfort teve uma vitória fácil em sua estreia no boxe. Convocado de última hora para substituir Oscar de La Hoya, cortado da luta após contrair Covid-19, Evander Hollyfield foi castigado pelo ex-campeão do UFC desde o início da luta.

Primeiro  levou o veterano ao chão ainda na metade do primeiro round. De volta à luta, Hollyfield seguiu sendo golpeado impiedosamente até sofrer a segunda queda.

Aos 44 anos, Vitor Belfort teve uma vitória fácil em sua estreia no boxe. Convocado de última hora para substituir Oscar de La Hoya, cortado da luta após contrair Covid-19, Evander Hollyfield foi castigado pelo ex-campeão do UFC desde o início da luta.

Demonstrando uma forma física bem superior à do oponente, o Brasil.

Blog com Redação do ge — Hollywood, Flórida

Blog com COMBATE

Hebert Conceição vai à semifinal do boxe e garante mais uma medalha para o Brasil
   2 de agosto de 2021   │     22:00  │  0

Hebert Conceição – (Foto: AFP)

Brasileiro superou o cazaque Abilkhan Amankul nas quartas.

O boxe garantiu mais uma medalha para o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio na manhã deste domingo. Hebert Conceição superou o cazaque Abilkhan Amankul por decisão dividida e se classificou para as semifinais da categoria até 75kg.

Como no boxe não há disputa de terceiro lugar, ele ficará, no mínimo, com o bronze.

A vitória de Hebert dá ao Brasil a segunda medalha no boxe nestas Olimpíadas. Abner Teixeira também se classificou para as semifinais na categoria peso-pesado e já tem uma vaga no pódio.

Hebert agora aguarda para saber quem enfrentará nas semifinais. O adversário sairá do confronto entre o haitiano Darrelle Valsaint e Gleb Bakshi, que é do Comitê Russo.

Blog com O DIA

Anderson Silva vence Julio Cesar Chaves Jr em sua reestreia no boxe
   21 de junho de 2021   │     12:00  │  0

Brasileiro voltou ao boxe depois de 16 anos — Foto: Jam Media/Getty Images

Brasileiro voltou ao boxe depois de 16 anos — (Foto: Jam Media/Getty Images)

Em Guadalajara, no México, lenda do MMA supera mexicano.

Um dos maiores nomes da história do MMA, Anderson Silva ganhou os holofotes na madrugada do domingo passado dentro do ringue, e não do habitual octógono. Aos 46 anos, o brasileiro foi protagonista de uma luta de boxe no Estádio Jalisco, em Guadalajara, no México. Anderson venceu o mexicano Julio Cesar Chaves Jr.

A luta marcou a reestreia de Anderson na modalidade. Ele já tinha feito outros dois combates oficiais no boxe, o mais recente deles em 2005. Com o resultado, Spider tem agora no cartel duas vitória e uma derrota nos ringues.

Vale destacar ainda que para a luta contra Chaves Jr., Anderson Silva treinou com Luiz Dórea, que foi treinador de Acelino Popó Freitas.

Ao contrário de Anderson, Julio Cesar Chaves Jr é boxeador nato, tendo sido campeão mundial dos médios pela WBC entre 2011 e 2012. Estava longe dos ringues desde novembro de 2020, quando venceu por nocaute técnico o equatoriano Jeyson Minda.

O duelo contra Julio Cesar Chaves Jr começou movimentado ainda nos bastidores, no momento da pesagem. Isso porque o mexicano não conseguiu bater o peso e teve de pagar mais de R$ 505 mil como multa. Chavez Jr pesou 184 libras (cerca de 83,4kg), duas a mais que o limite de 182 libras (cerca de 82,5kg).

No ringue, Anderson foi superior física e tecnicamente. Depois de dois rounds de muita análise dos dois lados e pouca ação, a luta começou a esquentar. O Spider mostrou o lado provocador que já era consagrado no MMA, chamou o adversário para o combate e tentou mais golpes. A partir do quarto round, o brasileiro passou a dominar. Chávez Jr se defendeu bem, mas não conseguiu ser mais agressivo.

– Eu me sinto muito feliz. Queria dizer obrigado! Quando eu comecei a treinar eu conversei com meus técnicos e disse que eu precisava fazer isso por um sonho de muitos anos. Pelo meu respeito ao boxe eu tinha que vir aqui e dar meu melhor – disse o brasileiro após a vitória.

Importante destacar que o adversário de Anderson tem genética de campeão. Ele é simplesmente filho da lenda do boxe Julio Cesar Chavez. Aliás, aos 58 anos, o pugilista que foi campeão mundial em três diferentes categorias e esteve invicto por 90 lutas até 1994 também foi atração no Estádio Jalisco. O Chavez “pai” fez uma luta exibição contra Héctor Machito Camacho Herrera Jr.

Aos 46 anos, Anderson Silva estava sem lutar desde 31 de outubro de 2020, quando perdeu para Uriah Hall no UFC Fight Night, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Segundo o atleta, a preparação para a luta desde sábado teve apenas pequenas diferenças em relação aos seus treinos para as lutas de MMA.

– Senti um pouco de diferença na parte dos detalhes técnicos, de trabalhar o jogo de perna, de fazer os movimentos corretos. Mas tive bons professores, que entendem o meu jogo e tudo está se encaixando, porque eu nunca parei de treinar – comentou o ex-campeão do UFC.

Questionado sobre o futuro, Anderson não soube dizer se continuará lutando no boxe ou se migrará para outra modalidade.

– Acho que tudo é possível, o que vier agora é lucro. Não sei se vou lutar boxe na próxima luta, ou jiu-jítsu, ou muay-thai. Depois da luta só penso em ajudar o Eliezer (sparring) e o Gabriel (filho) que vão lutar no kickboxing em breve. Quero aproveitar o momento para fazer o que eu gosto – concluiu.

Spider comemora vitória no México — Foto: Manuel Velasquez/Getty Images

Spider comemora vitória no México — (Foto: Manuel Velasquez/Getty Images)

Blog com Redação do ge – Rio e Janeiro

Vitor Belfort anuncia ida para o boxe e sonha com luta contra Anderson Silva
   22 de maio de 2021   │     14:00  │  0

Vitor Belfort quer repetir o sucesso do MMA no boxe profissional — Foto: Getty Images

Vitor Belfort quer repetir o sucesso do MMA no boxe profissional – (Foto: Getty Images)

Em media day realizado em Las Vegas, veterano do MMA aponta Oscar De La Hoya como seu possível adversário no retorno aos ringues. Lutador ainda tem contrato com One Championship.

Aos 44 anos, Vitor Belfort está migrando do MMA para o boxe. Na última quarta, ao participar de um media day na academia de Floyd Mayweather em Las Vegas, o lutador revelou ao Ag. Fight que seu futuro será nos ringues. Na conversa, Belfort falou ainda sobre a vontade de ter o cubano Oscar De La Hoya como seu primeiro adversário nesta nova fase. Ele também sonha enfrentar Anderson Silva, que vai estrear na modalidade contra Julio Cesar Chávez Jr no próximo dia 19 de junho.

– Estou procurando por um oponente agora. Ouvi dizer que Oscar de la Hoya está procurando alguém para enfrentar. (…) Oscar, não tenha medo – declarou Belfort, antes de deixar claro que seu vínculo com o One Championship está próximo do fim.

Apesar de ter assinado contrato com o evento asiático em 2019, Belfort não luta profissionalmente desde maio de 2018, quando foi nocauteado por Lyoto Machida no UFC 224. Por conta da idade avançada, o carioca pode entrar na mira de Anderson Silva, seu adversário no octógono em 2011.

– Anderson seria incrível. Eu e Anderson, seria uma grande revanche no boxe. (…) Pode ser o Oscar, o Anderson, o Holyfield. Tem uma lista de caras que podem fazer isso acontecer – declarou.

Faixa preta de jiu-jítsu, Belfort realizou uma única luta profissional de boxe ao longo da carreira. O duelo aconteceu em 2006, quando o carioca nocauteou Josemario Neves.

Blog e COMBATE.COM

 

Em menos de 10 dias, ex-boxeador Popó perdeu dois sobrinhos assassinados
   3 de maio de 2021   │     23:55  │  0

Em menos de 10 dias, ex-boxeador Popó perdeu dois sobrinhos assassinados

Acelino Popó Freitas – (Foto: Joílson César / Ag. Haack / Bahia Notícias)

 

Família do ex-boxeador Acelino Popó Freitas viveu duas tragédias em menos de 10 dias. No último sábado (24), o estudante Nilijalma Paixão de Freitas, de 17 anos e sobrinho do ex-atleta, morreu ao ser baleado durante uma tentativa de assalto na região da Ladeira do Jacaré, no bairro da Baixa de Quintas.

Porém, dias antes, outro sobrinho, o mecânico Alexandre Silva de Jesus, 22, havia sido morto embaixo de um viaduto na Baixa de Quintas.

A primeira tragédia na família de Popó aconteceu no dia 16 deste mês. Alexandre estava dentro de um carro com mais dois rapazes quando foram surpreendidos por dois motoqueiros. A dupla criminosa atirou contra o veículo e o sobrinho do pugilista foi atingido por três tiros. Ninguém foi preso até o momento. Já o assassinato de Nilijalma será investigado pela Polícia Civil.

Blog com Bahia Notícias