Category Archives: Basquete

O que fazer após a Presidência? Obama discutiu ser dono de time da NBA
   25 de junho de 2016   │     0:02  │  0

Fã de basquete, Barack Obama é torcedor declarado do Chicago Bulls

Fã de basquete, Barack Obama é torcedor declarado do Chicago Bulls (Foto: Divulgação)

O que Barack Obama fará da vida quando deixar a Presidência dos EUA? Foi um dos principais temas do jantar anual dos jornalistas que cobrem o dia a dia da Casa Branca. E, segundo o Secretário de Imprensa, Josh Earnest, uma das possibilidades avaliadas por Obama é tornar-se sócio minoritário de uma franquia da NBA.

Conforme publicou a ESPN americana, Earnest disse que o presidente, conhecido como fã de basquete e torcedor do Chicago Bulls, “discutiu” com pessoas próximas a possibilidade de comprar ações minoritárias de uma das franquias do melhor basquete do mundo.

Sempre segundo a publicação, o secretário de imprensa destacou que Obama aceitaria a oportunidade “potencialmente na circunstância correta”.

Não é a primeira vez que surge a notícia de que Obama cogita transformar-se em dono de franquia da NBA. Ele mesmo já falou em entrevista que havia “fantasiado” algumas vezes em comprar ações de um time de basquete profissional.

 

Blog com UOL Esporte

Lenda da NBA morre aos 48 anos
   3 de março de 2015   │     0:03  │  0

Lenda da NBA morre aos 48 anos  (Foto: Reprodução/Internet)

Mason teve insuficiência cardíaca e faleceu, aos 48 anos de idade (Foto: Reprodução/Internet)

O ex-pivô do New York Knicks Anthony Mason, 48, morreu no último sábado, vítima de uma insuficiência cardíaca congestiva, quando o coração não consegue manter a circulação sanguínea.

O ex-atleta enfrentou quatro cirurgias no coração no começo do mês e, na semana passada, sofreu um infarto.

Mason chegou às finais da NBA com o New York Knicks em 1994, foi eleito o sexto melhor de 1995 e participou do All-Star Game em 2001.

O ex-pivô ainda defendeu o New Jersey Nets, o Denver Nuggets, o Charlotte Hornets, o Milwaukee Bucks e o Miami Heat.

Na quinta-feira (26), o americano Earl Lloyd, primeiro jogador de basquete negro a ter disputado uma partida da NBA, morreu aos 86 anos.

Blog com Folha de São Paulo

Varejão sofre ruptura do tendão de Aquiles e está fora da temporada da NBA
   29 de dezembro de 2014   │     0:01  │  0

 / Foto: AFP

Foto: AFP

O pivô brasileiro Anderson Varejão, do Cleveland Cavaliers, perderá o restante da temporada da NBA depois de sofrer uma ruptura do tendão de Aquiles do pé esquerdo durante uma partida na semana passada, informou a equipe.

Varejão sofreu a lesão no terceiro quarto da partida em que o Cleveland derrotou o Minnesota Timberwolves por 125 a 104.

O brasileiro, de 32 anos, apresentava média de 9,8 pontos e 6,5 rebotes por partida na temporada 2014-15.

Esta será a quarta vez nas últimas cinco temporadas que Varejão perderá pelo menos 50 partidas.

A lesão do brasileiro deve levar Cleveland, time do astro LeBron James, a procurar um pivô no mercado.

Tristan Thompson será o provável substituto por enquanto de Varejão no time titular dos Cavaliers.

 

Blog com AFP

 

Brasileira Janeth é eleita para o Hall da Fama do basquete feminino
   22 de julho de 2014   │     0:07  │  0

A ala Janeth arremessa a bola, apesar da marcação dupla das jamaicanas

A ex-ala brasileira Janeth Arcain, (foto acima), integrará em breve o Hall da Fama do basquete feminino, na cidade de Knoxville, Tennessee. A atleta nacional, que jogou nos Estados Unidos pelo Houston Comets na WNBA foi indicada na classe de 2015, ao lado de Lisa Leslie, Janeth Harris e três técnicos.

Janeth era uma das estrelas da Seleção Brasileira que conquistou o Campeonato Mundial de basquete de 1994. A equipe, que também contava com Hortência, eleita melhor jogadora da competição, e Magic Paula, garantiu o título derrotando a China na final.

A ala paulista também conquistou duas medalhas olímpicas com o time nacional: prata em Atlanta-1996 e bronze em Sydney-2000. Sua carreira tem ainda três pódios em Jogos Pan-americanos: prata em Indianápolis-1987, ouro em Havana-1991 e bronze no Rio de Janeiro-2007.

Seu sucesso com a Seleção Brasileira a fez ser escolhida para jogar a primeira temporada da WNBA, versão feminina do campeonato norte-americano de basquete em 1997. Janeth conquistou quatro títulos consecutivos da competição defendendo o Houston Comets e participou de todas as partidas da equipe nos sete primeiros anos.

A outra jogadora escolhida para a classe de 2015 do Hall da Fama do basquete feminino foi a estrela Lisa Leslie. Com os Estados Unidos, ela conquistou os Mundiais de 1998 e 2002 e quatro ouros olímpicos consecutivos em Atlanta-1996, Sydney-2000, Atenas-2004 e Pequim-2008.

Também foram indicados a técnica Gail Goestenkors e seus companheiros de profissão Kurt Budke e Brad Smith.

Oscar desmente boatos e, internado, envia mensagem: ‘Lutando com garra’
   12 de março de 2014   │     0:03  │  0

médico Marcos de Queirós Teles Gomes, responsável pelo tratamento do ex-jogador, não tem qualquer relação com a doença que é tratada com afinco pelo astro nacional.

Médico Marcos de Queirós, responsável pelo tratamento do ex-jogador, confirma que Oscar teve uma arritmia cardíaca.

Internado há 20 dias após ter tido complicações cardíacas, o Mão Santa Oscar Schmidt rompeu com o silêncio no início desta semana. Depois de seu filho dizer que o cestinha do basquete brasileiro seguia internado apenas para detectar a origem da arritmia cardíaca que o havia levado ao Hospital Sírio Libanês, Oscar, 55 anos, usou as redes sociais para desmentir boatos de que estaria em coma, entre a vida e a morte.

Na mensagem, em três parágrafos, o ex-jogador garante estar bem e que é “apenas mais um como todos os outros pelo mundo, que com muita força, está lutando com muita garra para vencer este câncer”. Desde sua internação, família, médicos e hospital frisaram que sua ida ao Sírio Libanês nada tinha a ver com sua luta contra um câncer no cérebro, desde 2011.

– Como está circulando a notícia, em sites do país todo, que meu estado de  saúde é muito grave, e que estaria em coma em um hospital em São Paulo, gostaria de esclarecer oficialmente que estou bem e não é verdade. Sou apenas mais um como todos os outros pelo mundo, que com muita força,  está lutando com muita garra para vencer este câncer. Pela graça de DEUS, minha família e amigos e todos que torcem por mim no Brasil e fora. Obrigado por cada mensagem que recebo, não consigo responder todas, mas  agradeço imensamente a todos, pois este imenso carinho GERA VIDA – frisou Oscar pelas redes sociais.

Em contato com o GloboEsporte.com, a assessoria de imprensa do Hospital Sírio Libanês se limitou a dizer que o quadro clínico do Mão Santa segue o mesmo, sem entrar em detalhes. Desde 2011, o Mão Santa, de 55 anos de idade, luta contra um câncer no cérebro. Mas essa internação, de acordo com o médico Marcos de Queirós Teles Gomes, responsável pelo tratamento do ex-jogador, não tem qualquer relação com a doença que é tratada com afinco pelo astro nacional.

Em 2002, em plena atividade, Oscar sofreu uma arritmia cardíaca durante os playoffs do Campeonato Estadual do Rio, mas se recuperou e acabou levando o Flamengo ao título carioca daquela temporada.  Oscar é considerado um dos maiores jogadores de basquete de todos os tempos. O ex-atleta é o recordista mundial de pontos, com 49.703, superando o americano Kareem Abdul-Jabbar. O recorde é extraoficial, pois não havia súmulas de todos os jogos de Oscar no Brasil. Em setembro do ano passado, o brasileiro foi eternizado ao entrar no Hall da Fama do basquete de Springfield, em Massachusetts, nos Estados Unidos.

Blog/GloboEsporte.com