Category Archives: automobilismo

Hamilton vence GP de Cingapura
   17 de setembro de 2018   │     0:02  │  0

Hamilton comemora a vitória em Cingapura (Foto: Edgar Su/Reuters)

Ontem, de ponta a ponta, Lewis Hamilton venceu o GP de Cingapura de Fórmula 1 e ampliou a vantagem dele na liderança do Mundial de Pilotos. O representante da Mercedes agora tem 40 pontos de vantagem para Sebastian Vettl, da Ferrari, que terminou em terceiro lugar no circuito de Marina Bay, enquanto Max Verstappen, da Red Bull, ficou em segundo.

Pole position, Hamilton só foi ameaçado na 34.ª volta, quando Max Verstappen aproveitou cautela do britânico para encostar no líder da prova. O piloto da Mercedes diminuiu o ritmo naquele momento porque Romain Grosjean, da Renault, ignorou bandeiras azuis, sinalização destinada a retardatários, para disputar posição com Brendon Hartley, da Toro Rosso.

Em segundo lugar no grid, Verstappen foi superado por Vettel na primeira volta, mas recuperou a posição com o desenrolar da corrida e o trabalho de boxe das equipes – a Ferrari errou na estratégia do alemão. Enquanto esteve na segunda posição, o ferrarista não conseguiu atacar Hamilton, mesmo com uma relargada nas voltas iniciais.

Hamilton chegou a 69 vitórias na carreira e a 281 pontos na classificação da atual temporada da Fórmula 1. Única ameaça ao pentacampeonato do britânico, Vettel foi a 241 pontos e terá apenas seis corridas para tirar a diferença. A próxima etapa do calendário será o GP da Rússia, em Sochi, marcada para o dia 30.

Blog com Band Esportes

F1 estuda adiar regulamento de motores de 2021
   26 de agosto de 2018   │     0:01  │  0

Ross Brawn, Managing Director of Motorsports, FOM, poses for a selfie with a fan

Ross Brawn, (centro), dirigente da Fórmula 1 (Foto: motorsport.com)

Os chefes da F1, o grupo Liberty Media, e as fabricantes de motor estão trabalhando há meses em um novo pacote de regras para mudar as unidades de potência para 2021.

A esperança é que o regulamento para um motor mais barulhento, barato e menos complicado atraia novas marcas, sendo que Porsche, Aston Martin e Cosworth consideram projetos.

Contudo, com adiamentos para a conclusão dos detalhes da regra e o esforço das atuais fabricantes para manter os atuais MGU-H, o interesse de outras fabricantes diminuiu.

Com a diminuição das esperanças em ver novas fabricantes entrando, Brawn indicou que pode fazer mais sentido adiar a mudança nas regras.

“Queremos tentar criar uma série de regras no motor que seja mais atrativa para novas fabricantes, além de consolidar as nossas fornecedoras atuais”, disse Brawn, em entrevista publicada no programa oficial do GP da Bélgica.

“E acho que precisamos pensar no momento disso, se 2021 será o momento certo para fazer isso ou se seria melhor esperar até que tenhamos certeza de que uma grande mudança de regras trará sangue novo ao esporte.”

Enquanto a grande mudança no regulamento poderá ser adiada, Brawn disse que ainda poderá haver margem para mudanças na categoria a fim de equilibrar as forças.

“Meu sentimento é que ainda podemos fazer muita coisa do lado do motor em termos de regulamento esportivo, tal como limites de testes de dinamômetro, número de atualizações durante a temporada, consistência de especificação a todas as equipes clientes, etc”, acrescentou.

“Na parte do motor, precisamos decidir se agora é o momento para ter uma revolução ou uma evolução.”

Blog com Terra Esportes

Niki Lauda se recupera bem de transplante, informa boletim médico
   8 de agosto de 2018   │     0:03  │  0

Imagem relacionada

 

O Hospital Geral de Viena (AKH) divulgou na manhã da última segunda-feira novo boletim médico sobre o estado de saúde de Niki Lauda (foto acima). As notícias são muito boas. Submetido a transplante de pulmão na última quinta-feira, o tricampeão mundial de Fórmula 1, de 69 anos, vem tendo uma boa recuperação.

Médico responsável pelo transplante de Niki Lauda, Walter Klepetko também manifestou otimismo quanto à recuperação do tricampeão.

– Ele será o velho homem novamente, poderá viajar de novo, e ainda trabalhar como antes – disse Klepetko à TV austríaca ORF.

Lauda deu entrada no hospital AKH há três semanas depois de ter pego uma forte gripe quando descansava em Ibiza, na Espanha. O quadro evoluiu para uma pneumonia severa, e os médicos optaram pelo transplante de pulmão.

Segundo Klepetko revelou, os pulmões de Lauda perderiam completamente o funcionamento em menos de uma semana, e que por isso o transplante era urgente. Lauda deve permanecer internado por mais algumas semanas.

Blog com Globoesporte

Ex-piloto de Fórmula 1 Niki Lauda recebe transplante de pulmão em Viena
   4 de agosto de 2018   │     0:01  │  0

Resultado de imagem para Niki Lauda operado

 

VIENA (Reuters) – O lendário ex-piloto de Fórmula 1 austríaco Niki Lauda, (foto acima/O Globo), recebeu um transplante de pulmão com sucesso em Viena, informou ontem o hospital que o tratou.

Lauda, que ficou gravemente queimado em um acidente de F1 quase fatal em 1976 e mais tarde se tornou um empresário do setor aéreo, adoeceu recentemente. A mídia da Áustria disse que ele estava sendo tratado em um hospital, mas as reportagens não haviam mencionado um transplante.

“Por causa de um problema pulmonar grave, Niki Lauda teve que passar por um transplante de pulmão no Hospital Geral de Viena hoje”, disse o hospital em um comunicado publicado em seu site. “O transplante foi realizado com sucesso”.

Lauda, de 69 anos, é tricampeão mundial de F1, e sua rivalidade com o piloto britânico James Hunt foi tema do filme “Rush – No Limite da Emoção”. Recentemente ele concordou em vender o controle de sua empresa aérea Laudamotion para a Ryanair.

Lauda também é chefe de equipe e acionista da equipe Mercedes de Fórmula 1.

(Por Francois Murphy/Reuters)

Com ajuda de safety car, Vettel supera Hamilton e vence na Austrália
   26 de março de 2018   │     0:03  │  0

Sebastian Vettel conquistou seu 100º pódio na carreira no último domingo  (Foto: Saeed KHAN/AFP)

Ontem a Fórmula 1 deu sinais de que sua nova temporada deverá ser mais imprevisível que as dos últimos anos. Sebastian Vettel e Lewis Hamilton protagonizaram uma excelente disputa no circuito de Albert Park, em Melbourne, na Austrália, e mesmo com o atual campeão mundial largando na pole position e sinalizando que iria subir no lugar mais alto do pódio sem maiores problemas, a Ferrari mostrou persistência e foi feliz em sua estratégia de pit stop para fazer com que Vettel voltasse à pista na frente do rival por conta do safety car, mantivesse a ponta e conquistasse a vitória no primeiro GP de 2018.

Além da vitória, Sebastian Vettel também se tornou o terceiro piloto da história a liderar 3 mil voltas na Fórmula 1. Os outros dois a conseguirem o feito foram Michael Schumacher e Lewis Hamilton.

Outra surpresa  foi Fernando Alonso. O bicampeão mundial largou em décimo lugar e fez uma corrida bastante segura para ganhar posições e terminar em quinto lugar, mostrando que sua McLaren poderá dar mais alegrias aos fãs da tradicional equipe do grid neste ano ao conseguir segurar o ímpeto de Verstappen, que mesmo com um carro superior terminou em sexto.

Piloto da casa, Daniel Ricciardo por pouco não conseguiu ficou em terceiro lugar e se estabeleceu como o primeiro australiano a garantir um pódio no GP da Austrália. O piloto da Red Bull teve de largar na oitava colocação após ter sido punido com a perda de três posições, porém, se recuperou e acabou no quarto posto.

Substituto de Felipe Massa na Williams, Sergey Sirtokin não foi feliz em sua estreia na Fórmula 1 e acabou abandonando a prova por problemas mecânicos. Além do russo e da dupla da Haas, Pierre Gasly, da Toro Rosso, e Marcus Ericsson, da Sauber, também não completaram o GP da Austrália.

Os pilotos voltam a entrar em ação no GP do Bahrein, marcado para o próximo dia 8 de abril, às 12h10 (de Brasília).

Blog com Gazeta Press