/BLOGS

Arivaldo Maia

Category Archives: automobilismo

Mundial de Fórmula 1 pode acabar em 2021
   30 de março de 2020   │     0:01  │  0

 
Mattia Binotto confirma que esta é uma das hipóteses analisadas.
(Binotto confirma que esta é uma das hipóteses analisadas)
A pandemia de Covid-19 obrigou à suspensão da grande maioria das competições desportivas em todo o mundo, entre elas a Fórmula 1, cuja temporada continua em dúvida após o adiamento ou mesmo cancelamento de oito Grandes Prêmios.Mattia Binotto, responsável pela Ferrari, falou à rede de TV italiana Sky Sport, onde adiantou alguns dos cenários que, neste momento, estão em cima da mesa para o desenrolar do atual Campeonato do Mundo.

“Nós, as equipes, estamos falando com a Fórmula 1 e com a FIA. Há algumas hipóteses em cima da mesa, cada uma das quais está sendo considerada, como realizar um Campeonato do Mundo reduzido ou que a temporada de 2020 termine, por exemplo, em janeiro de 2021”, afirmou.

“Neste momento, temos que estar abertos a todas as hipóteses para realizar o maior número de Grandes Prêmios possível. Claro que interromper a Fórmula 1 pareceu-nos uma decisão responsável, até mesmo para ajudar as equipes menores”, completou.

Blog com Notícias Ao Minuto

Hamilton tranquiliza seus admiradores na Fórmula 1
   26 de março de 2020   │     17:00  │  0

 

“Quero que saibam que estou bem”, declarou neste sábado, 21, o piloto de Fórmula 1 Lewis Hamilton no Twitter, negando os boatos de que estaria com o coronavírus, após participar de um evento com o ator Idris Elba e a esposa do primeiro-ministro canadense, Sophie Gregoire-Trudeau, que testaram positivo para a doença.

“Tenho zero sintomas e já se passaram 17 dias desde que vi Sophie e Idris”, declarou o hexacampeão do mundo de Formula 1.

O tempo de incubação da doença-prazo entre a infecção pelo vírus e o surgimento dos primeiros sintomas- é de um a quatorze dias, segundo estimativa da Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Conversei com meu médico sobre a possibilidade de um teste, mas como não apresentei nenhum sintoma e os testes de detecção são limitados, achamos que seria melhor que pessoas que precisam mais do que eu se beneficiassem disso”, continuou o britânico.

Hamilton se colocou em isolamento desde o cancelamento na semana passada do Grande Prêmio da Austrália, que abriria a nova temporada de F1.

As sete primeiras corridas da temporada de F1 foram adiadas ou canceladas. O primeiro GP no calendário neste momento é o do Azerbaijão, no início de junho, mas também poderá sofrer alterações de data em função da evolução da pandemia do coronavírus.

Blog com A TARDE

Hamilton diz que não contraiu o Covid-19
   23 de março de 2020   │     0:01  │  0

 

“Quero que saibam que estou bem”, declarou no último sábado, 21, o piloto de Fórmula 1 Lewis Hamilton no Twitter, negando os boatos de que estaria com o coronavírus, após participar de um evento com o ator Idris Elba e a esposa do primeiro-ministro canadense, Sophie Gregoire-Trudeau, que testaram positivo para a doença.

“Tenho zero sintomas e já se passaram 17 dias desde que vi Sophie e Idris”, declarou o hexacampeão do mundo de Formula 1.

O tempo de incubação da doença-prazo entre a infecção pelo vírus e o surgimento dos primeiros sintomas- é de um a quatorze dias, segundo estimativa da Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Conversei com meu médico sobre a possibilidade de um teste, mas como não apresentei nenhum sintoma e os testes de detecção são limitados, achamos que seria melhor que pessoas que precisam mais do que eu se beneficiassem disso”, continuou o britânico.

Hamilton se colocou em isolamento desde o cancelamento na semana passada do Grande Prêmio da Austrália, que abriria a nova temporada de F1.

As sete primeiras corridas da temporada de F1 foram adiadas ou canceladas. O primeiro GP no calendário neste momento é o do Azerbaijão, no início de junho, mas também poderá sofrer alterações de data em função da evolução da pandemia do coronavírus.

Blog  com A TARDE

Wilsinho Fittipaldi é internado e passa por cirurgia cerebral
   19 de março de 2020   │     0:03  │  0

 (Foto: Duda Bairros / FGCom)

 

O ex-piloto de Fórmula 1 Wilson Fittipaldi está internado no hospital Sancta Maggiore, em São Paulo, após passar por uma cirurgia de emergência no cérebro. Irmão mais velho do bicampeão mundial Emerson Fittipaldi, Wilsinho sofreu uma queda em casa no último dia 09. A mulher do ex-piloto notou que antes do acidente doméstico ele estava com dificuldades para caminhar e apresentando alguns episódios de esquecimento. Em novembro, Wilsinho havia passado por outra uma cirurgia no cérebro para tratar o mal de Parkinson.

– Chegando ao hospital foi feita uma tomografia que acusou acúmulo de sangue na parte frontal do cérebro. O médico disse que isso já deveria vir de uns três meses. Acho que devido à cirurgia que ele fez para Parkinson, que ele fez em novembro, ficou algum vasinho aberto e foi acumulando sangue. Conforme foi comprimindo o cérebro o Wilson começou a apresentar uns quadros de esquecimento e dificuldade para andar. E por causa disso ele acabou caindo – explicou Rita.

Ao lado de Emerson, Wilsinho começou no automobilismo na década de 60. Em 1972, chegou à Fórmula 1, onde ficou por duas temporadas como piloto. Seu melhor resultado foi um quinto lugar no GP da Alemanha em 73. No mesmo ano, no GP da Argentina, Wilsinho e Emerson formaram a primeira dupla de irmãos a marcar pontos na mesma corrida. Em 1975, Wilsinho fundou a primeira e única equipe brasileira na Fórmula 1, a Copersucar Fittipaldi, que durou até 1982.

Blog com Globo Esporte

Austrália suspende GP de Fórmula 1
   15 de março de 2020   │     0:04  │  0

A Fórmula 1 anunciou o cancelamento do Grande Prêmio da Austrália, que ocorreria hoje, devido a pandemia do coronavírus. A decisão foi tomada em conjunto com a Federação Internacional de Automobilismo e levou em conta a desistência da McLaren de participar desta corrida, já que um de seus funcionários foi diagnosticado com a doença.

(Foto: Divulgação/Australian Grand Prix)

“Após a confirmação de que um membro da McLaren testou positivo para o COVID-19 e a decisão da equipe de se retirar do Grande Prêmio da Austrália, a FIA e a Fórmula 1 convocaram uma reunião dos outros nove diretores da equipe na noite da última  quinta-feira. Essas discussões concluíram com uma visão majoritária das equipes de que a corrida não deveria continuar. A FIA e a Fórmula 1, com total apoio da Australian Grand Prix Corporation (AGPC), tomaram a decisão de que todas as atividades da Fórmula 1 para o Grande Prêmio da Austrália foram canceladas.”, comunicou a FIA.

Blog com GazetaPress

© Copyright 2000-2016 Gazeta de Alagoas Online Ltda. Todos os direitos reservados