Category Archives: automobilismo

Niki Lauda se recupera bem de transplante, informa boletim médico
   8 de agosto de 2018   │     0:03  │  0

Imagem relacionada

 

O Hospital Geral de Viena (AKH) divulgou na manhã da última segunda-feira novo boletim médico sobre o estado de saúde de Niki Lauda (foto acima). As notícias são muito boas. Submetido a transplante de pulmão na última quinta-feira, o tricampeão mundial de Fórmula 1, de 69 anos, vem tendo uma boa recuperação.

Médico responsável pelo transplante de Niki Lauda, Walter Klepetko também manifestou otimismo quanto à recuperação do tricampeão.

– Ele será o velho homem novamente, poderá viajar de novo, e ainda trabalhar como antes – disse Klepetko à TV austríaca ORF.

Lauda deu entrada no hospital AKH há três semanas depois de ter pego uma forte gripe quando descansava em Ibiza, na Espanha. O quadro evoluiu para uma pneumonia severa, e os médicos optaram pelo transplante de pulmão.

Segundo Klepetko revelou, os pulmões de Lauda perderiam completamente o funcionamento em menos de uma semana, e que por isso o transplante era urgente. Lauda deve permanecer internado por mais algumas semanas.

Blog com Globoesporte

Ex-piloto de Fórmula 1 Niki Lauda recebe transplante de pulmão em Viena
   4 de agosto de 2018   │     0:01  │  0

Resultado de imagem para Niki Lauda operado

 

VIENA (Reuters) – O lendário ex-piloto de Fórmula 1 austríaco Niki Lauda, (foto acima/O Globo), recebeu um transplante de pulmão com sucesso em Viena, informou ontem o hospital que o tratou.

Lauda, que ficou gravemente queimado em um acidente de F1 quase fatal em 1976 e mais tarde se tornou um empresário do setor aéreo, adoeceu recentemente. A mídia da Áustria disse que ele estava sendo tratado em um hospital, mas as reportagens não haviam mencionado um transplante.

“Por causa de um problema pulmonar grave, Niki Lauda teve que passar por um transplante de pulmão no Hospital Geral de Viena hoje”, disse o hospital em um comunicado publicado em seu site. “O transplante foi realizado com sucesso”.

Lauda, de 69 anos, é tricampeão mundial de F1, e sua rivalidade com o piloto britânico James Hunt foi tema do filme “Rush – No Limite da Emoção”. Recentemente ele concordou em vender o controle de sua empresa aérea Laudamotion para a Ryanair.

Lauda também é chefe de equipe e acionista da equipe Mercedes de Fórmula 1.

(Por Francois Murphy/Reuters)

Com ajuda de safety car, Vettel supera Hamilton e vence na Austrália
   26 de março de 2018   │     0:03  │  0

Sebastian Vettel conquistou seu 100º pódio na carreira no último domingo  (Foto: Saeed KHAN/AFP)

Ontem a Fórmula 1 deu sinais de que sua nova temporada deverá ser mais imprevisível que as dos últimos anos. Sebastian Vettel e Lewis Hamilton protagonizaram uma excelente disputa no circuito de Albert Park, em Melbourne, na Austrália, e mesmo com o atual campeão mundial largando na pole position e sinalizando que iria subir no lugar mais alto do pódio sem maiores problemas, a Ferrari mostrou persistência e foi feliz em sua estratégia de pit stop para fazer com que Vettel voltasse à pista na frente do rival por conta do safety car, mantivesse a ponta e conquistasse a vitória no primeiro GP de 2018.

Além da vitória, Sebastian Vettel também se tornou o terceiro piloto da história a liderar 3 mil voltas na Fórmula 1. Os outros dois a conseguirem o feito foram Michael Schumacher e Lewis Hamilton.

Outra surpresa  foi Fernando Alonso. O bicampeão mundial largou em décimo lugar e fez uma corrida bastante segura para ganhar posições e terminar em quinto lugar, mostrando que sua McLaren poderá dar mais alegrias aos fãs da tradicional equipe do grid neste ano ao conseguir segurar o ímpeto de Verstappen, que mesmo com um carro superior terminou em sexto.

Piloto da casa, Daniel Ricciardo por pouco não conseguiu ficou em terceiro lugar e se estabeleceu como o primeiro australiano a garantir um pódio no GP da Austrália. O piloto da Red Bull teve de largar na oitava colocação após ter sido punido com a perda de três posições, porém, se recuperou e acabou no quarto posto.

Substituto de Felipe Massa na Williams, Sergey Sirtokin não foi feliz em sua estreia na Fórmula 1 e acabou abandonando a prova por problemas mecânicos. Além do russo e da dupla da Haas, Pierre Gasly, da Toro Rosso, e Marcus Ericsson, da Sauber, também não completaram o GP da Austrália.

Os pilotos voltam a entrar em ação no GP do Bahrein, marcado para o próximo dia 8 de abril, às 12h10 (de Brasília).

Blog com Gazeta Press

Sem brasileiros, veja novidades da temporada de 2018 da F1
   16 de março de 2018   │     0:03  │  0

Pela primeira vez desde 1969 sem pilotos brasileiros e com novidades no calendário, a temporada de 2018 da Fórmula 1 começará no dia 25 de março, com o Grande Prêmio da Austrália, em Melbourne. Entre os pilotos e as equipes deste ano, são poucas as novidades em relação a 2017. Felipe Massa se aposentou, e quem assumiu a vaga do brasileiro foi o jovem russo Sergey Sirotkin.

Outra novidade no grid é a volta da Alfa Romeo. A montadora italiana fechou parceria com a Sauber e retornou à principal categoria do automobilismo mundial depois de mais de 30 anos. Sua dupla será o sueco Marcus Ericsson e o monegasco Charles Leclerc.

Já entre os Grandes Prêmios, houve três grandes mudanças. Após uma década, o GP da França retornou para a Fórmula 1 e será disputado na cidade de Le Castellet, no dia 24 de junho. A Alemanha também voltou ao calendário da F1, após um ano de ausência. Por fim, o circuito da Malásia, que estava na categoria desde 1999, foi excluído.

No regulamento, os carros foram proibidos de utilizar a “barbatana de tubarão”, que ficava na cobertura do motor. As asas “T-Wing”, localizadas na traseira dos carros, também foram banidas para esta temporada. A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) ainda tornou obrigatório o uso do polêmico “Halo”, equipamento que protege a cabeça dos pilotos.

Blog com Agência ANSA

 

 

Com pintura camuflada, Red Bull apresenta carro de 2018
   23 de fevereiro de 2018   │     0:03  │  0

Carro ainda não está usando pintura definitiva para temporada

O novo carro de Fórmula 1 ainda não está usando pintura definitiva para temporada (Foto: Divulgação/Red Bull)

A Red Bull já apresentou o “RB14”, carro que utilizará na temporada de 2018 da Fórmula 1.

Com uma pintura camuflada de azul, branco e preto, o modelo surpreendeu por não ter as tradicionais cores da equipe austríaca, mas trata-se apenas de uma “edição especial”.

Os tons oficiais da temporada 2018 devem ser revelados apenas no começo dos testes da Fórmula 1 em Barcelona, na Espanha. O novo carro da Red Bull possui motor V6 da Renault e será pilotado por Max Verstappen e Daniel Ricciardo.

O veículo já tem o “halo”, equipamento de segurança que protege a cabeça do piloto. Após Haas e Williams, a Red Bull é a terceira equipe a apresentar seu veículo para a próxima temporada, que começará no dia 25 de março, na Austrália.

Blog com Agência ANSA