Category Archives: automobilismo

Michael Schumacher elege Senna como ídolo em entrevista inédita
   26 de novembro de 2018   │     0:02  │  0

Resultado de imagem para schumacher

 

A família do alemão Michael Schumacher, (foto acima/Autoracing), divulgou uma entrevista inédita do ex-piloto da Ferrari, realizada em 2013, ano em que ele sofreu um acidente de esqui que o deixou com graves lesões cerebrais. Na ocasião, o heptacampeão da Fórmula 1 elegeu o brasileiro Ayrton Senna como um de seus ídolos do automobilismo.

“Na minha época de Kart, na infância, eu acompanhava muito o Ayrton Senna e o Vincenzo Sospiri (ex-piloto italiano que teve curta passagem na Fórmula 1). Eu os admirava muito porque eram grandes pilotos. Meu maior ídolo, no entanto, era Toni Schumacher (ex-jogador e técnico da seleção alemã), porque ele era um ótimo jogador de futebol”, revelou o piloto.

Schumacher também contou que o piloto que ele mais respeitava na Fórmula 1 era o finlandês Mika Häkkinen, bicampeão da categoria e rival do alemão, com quem protagonizou ‘grandes batalhas’. Campeão pela primeira vez em 1994, pela Benetton, Schumacher garantiu que o título mais emocionante de sua carreira foi em 2000, com a Ferrari.

“O título mais emocionante foi em Suzuka (Japão), em 2000, com a Ferrari. Eram 21 anos sem título para a Ferrari e para mim eram quatro anos tentando sem conseguir. Vencemos em Suzuka em uma corrida excepcional e conquistamos o grande título”, finalizou Schumacher.

Blob com Veja

 

F1 fecha acordo para entrar no mercado de apostas
   23 de setembro de 2018   │     0:02  │  0

F1 fecha acordo para entrar no mercado de apostas

Categoria concluiu acordo para abrir mais mercados de apostas, o que daria aos fãs “novas maneiras de se envolver com a ação nas pistas”

Os donos da F1 anunciaram uma parceria com o Interregional Sports Group para “produzir uma oferta de apostas da  F1” que “funcionará com dados tirados diretamente das pistas nos fins de semana de corrida”.

O acordo permitirá uma expansão dos mercados de apostas in-play – popular em muitos outros grandes esportes.

A F1 também trabalhará com a Sportradar, que tem parceria com vários dos principais detentores de direitos esportivos na luta contra a manipulação de resultados e corrupção relacionados a apostas por meio de seu sistema de detecção de fraudes.

Simon Vumbaca, CEO da Pitstop Betting, companhia de apostas esportivas com sede no Reino Unido, disse que o acordo foi “uma ótima notícia e tem sido esperado há muito tempo.”

“Os valores negociados da F1( reportados pelo jornal Financial Times sendo mais de US$ 100 milhões em cinco anos) tornariam o acordo e o custo de aquisição muito altos, o que indicaria que o objetivo poderia ser levar os fãs da F1 a apostarem em outros esportes, em vez de necessariamente a F1 “, acrescentou.

“Mas isso abriu a porta e prepara o cenário para o mercado de apostas de automobilismo crescerem.”

“Certamente achamos que a competição é sempre bem-vinda e nós, na Pitstop Betting, estamos dando continuidade ao nosso plano de desenvolvimento de dois anos para cobrir 10, 15 ou mais categorias.”

Blog com Terra Esportes

 

Hamilton vence GP de Cingapura
   17 de setembro de 2018   │     0:02  │  0

Hamilton comemora a vitória em Cingapura (Foto: Edgar Su/Reuters)

Ontem, de ponta a ponta, Lewis Hamilton venceu o GP de Cingapura de Fórmula 1 e ampliou a vantagem dele na liderança do Mundial de Pilotos. O representante da Mercedes agora tem 40 pontos de vantagem para Sebastian Vettl, da Ferrari, que terminou em terceiro lugar no circuito de Marina Bay, enquanto Max Verstappen, da Red Bull, ficou em segundo.

Pole position, Hamilton só foi ameaçado na 34.ª volta, quando Max Verstappen aproveitou cautela do britânico para encostar no líder da prova. O piloto da Mercedes diminuiu o ritmo naquele momento porque Romain Grosjean, da Renault, ignorou bandeiras azuis, sinalização destinada a retardatários, para disputar posição com Brendon Hartley, da Toro Rosso.

Em segundo lugar no grid, Verstappen foi superado por Vettel na primeira volta, mas recuperou a posição com o desenrolar da corrida e o trabalho de boxe das equipes – a Ferrari errou na estratégia do alemão. Enquanto esteve na segunda posição, o ferrarista não conseguiu atacar Hamilton, mesmo com uma relargada nas voltas iniciais.

Hamilton chegou a 69 vitórias na carreira e a 281 pontos na classificação da atual temporada da Fórmula 1. Única ameaça ao pentacampeonato do britânico, Vettel foi a 241 pontos e terá apenas seis corridas para tirar a diferença. A próxima etapa do calendário será o GP da Rússia, em Sochi, marcada para o dia 30.

Blog com Band Esportes

F1 estuda adiar regulamento de motores de 2021
   26 de agosto de 2018   │     0:01  │  0

Ross Brawn, Managing Director of Motorsports, FOM, poses for a selfie with a fan

Ross Brawn, (centro), dirigente da Fórmula 1 (Foto: motorsport.com)

Os chefes da F1, o grupo Liberty Media, e as fabricantes de motor estão trabalhando há meses em um novo pacote de regras para mudar as unidades de potência para 2021.

A esperança é que o regulamento para um motor mais barulhento, barato e menos complicado atraia novas marcas, sendo que Porsche, Aston Martin e Cosworth consideram projetos.

Contudo, com adiamentos para a conclusão dos detalhes da regra e o esforço das atuais fabricantes para manter os atuais MGU-H, o interesse de outras fabricantes diminuiu.

Com a diminuição das esperanças em ver novas fabricantes entrando, Brawn indicou que pode fazer mais sentido adiar a mudança nas regras.

“Queremos tentar criar uma série de regras no motor que seja mais atrativa para novas fabricantes, além de consolidar as nossas fornecedoras atuais”, disse Brawn, em entrevista publicada no programa oficial do GP da Bélgica.

“E acho que precisamos pensar no momento disso, se 2021 será o momento certo para fazer isso ou se seria melhor esperar até que tenhamos certeza de que uma grande mudança de regras trará sangue novo ao esporte.”

Enquanto a grande mudança no regulamento poderá ser adiada, Brawn disse que ainda poderá haver margem para mudanças na categoria a fim de equilibrar as forças.

“Meu sentimento é que ainda podemos fazer muita coisa do lado do motor em termos de regulamento esportivo, tal como limites de testes de dinamômetro, número de atualizações durante a temporada, consistência de especificação a todas as equipes clientes, etc”, acrescentou.

“Na parte do motor, precisamos decidir se agora é o momento para ter uma revolução ou uma evolução.”

Blog com Terra Esportes

Niki Lauda se recupera bem de transplante, informa boletim médico
   8 de agosto de 2018   │     0:03  │  0

Imagem relacionada

 

O Hospital Geral de Viena (AKH) divulgou na manhã da última segunda-feira novo boletim médico sobre o estado de saúde de Niki Lauda (foto acima). As notícias são muito boas. Submetido a transplante de pulmão na última quinta-feira, o tricampeão mundial de Fórmula 1, de 69 anos, vem tendo uma boa recuperação.

Médico responsável pelo transplante de Niki Lauda, Walter Klepetko também manifestou otimismo quanto à recuperação do tricampeão.

– Ele será o velho homem novamente, poderá viajar de novo, e ainda trabalhar como antes – disse Klepetko à TV austríaca ORF.

Lauda deu entrada no hospital AKH há três semanas depois de ter pego uma forte gripe quando descansava em Ibiza, na Espanha. O quadro evoluiu para uma pneumonia severa, e os médicos optaram pelo transplante de pulmão.

Segundo Klepetko revelou, os pulmões de Lauda perderiam completamente o funcionamento em menos de uma semana, e que por isso o transplante era urgente. Lauda deve permanecer internado por mais algumas semanas.

Blog com Globoesporte