Category Archives: automobilismo

Médico diz: Schumacher tem ‘Estado de consciência mínima’
   14 de setembro de 2019   │     0:03  │  0

Michael Schumacher

O mundo do esporte recebeu nesta semana notícias animadoras sobre o estado de Michael Schumacher, (foto acima/Reprodução). O alemão estaria consciente após realizar um suposto tratamento experimental com a injeção de células-tronco. No entanto, a diretora do Centro de Pesquisa sobre Coma do Instituto Neurológico de Milão (Itália), Matilde Leonardi, se mostrou muito cética em relação aos informações. Ela deu uma entrevista ao jornal “Daily Express”.

“Não há tratamento experimental com células-tronco que tenha um efeito positivo para pacientes em estado de consciência mínima como Michael Schumacher. As notícias divulgadas sobre o ex-piloto estão apenas alimentando falsas esperanças e iludindo as famílias dos pacientes. Já recebi duas ligações telefônicas de parentes de dois pacientes que queriam informações para permitir que seus filhos acessassem o mesmo tratamento. Eu me vi explicando que não sabemos nada sobre a existência desse tratamento”, afirmou.

Para a especialista, existe uma precipitação em relação aos tratamentos com células-tronco, e que ainda não é possível confiar numa solução de problemas com esse tipo de abordagem.

“Todos esperamos que sim, mas a verdade é que (o tratamento) não existe, pelo menos por enquanto. Infelizmente, estudos conduzidos com células-tronco para doenças que afetam o cérebro e a medula não deram os efeitos esperados”, disse.

Blog com O DIA

 

Filho de Schumacher conquista sua primeira vitória na Fórmula 2
   5 de agosto de 2019   │     0:02  │  0

Resultado de imagem para Mick Schumacher

Ontem, o alemão Mick Schumacher, (foto acima/UOL Esporte), venceu o Grande Prêmio da Hungria de Fórmula 2, no circuito de Hungaroring. A segunda posição ficou com o japonês Nobuharu Mataushita, e o brasileiro Sérgio Sette Câmara fechou o pódio em terceiro lugar.

Com o resultado, o filho de Michael Schumacher, heptacampeão mundial de Fórmula 1, conquista a sua primeira vitória na categoria e, pouco a pouco, vai dando as caras na elite do automobilismo.

O líder do campeonato segue sendo Nyck de Vries, que terminou a prova do domingo na sexta colocação. Nicholas Latifi é o segundo, com Sette Câmara em terceiro.

Agora, a Fórmula 2 entra no período de férias e retorna apenas no primeiro final de semana de setembro, com o Grande Prêmio da Bélgica, a nona etapa da temporada.

Blog com Terra Esportes

Vettel nega aposentadoria e diz que tem “missão” de vencer com Ferrari
   12 de junho de 2019   │     0:02  │  0

Resultado de imagem para Sebastian Vettel

Sebastian Vettel, (foto acima/Diário carioca), reagiu com estranhamento aos rumores de que estaria considerando se aposentar no final desta temporada. Ele disse que se vê com a missão de vencer pelo menos um campeonato com a Ferrari e sabe que isso não vai acontecer nesta temporada. A Mercedes começou vencendo as cinco primeiras provas, e Vettel já tem 55 pontos a menos que o líder Lewis Hamilton.

“Eu não sei, nunca falei nada disso e não faço ideia de onde essas coisas surgiram”, disse Vettel. “Acho que eu posso aposentar quando eu quiser e a equipe provavelmente pode me demitir quando quiser, mas estou muito contente com a equipe e espero que a equipe esteja contente comigo. Estou muito faminto e tenho uma missão aqui para vencer: é a única coisa que importa para mim, vencer com a Ferrari, e é nisso que estou trabalhando.”

O contrato de Vettel com a Ferrari vai até o final de 2020, mas os constantes erros do alemão nos últimos tempos têm enfraquecido sua posição dentro da equipe, especialmente depois da chegada de Charles Leclerc, que é prata da casa e vem andando no mesmo ritmo do tetracampeão em sua primeira temporada no time de Maranello. Por conta disso, os italianos estariam estudando as opções no mercado de pilotos caso decidam romper o acordo atual com Vettel. Mas o mais provável é que ele termine seu atual acordo.

Blog e FolhaPress

União já gastou R$ 880 milhões com autódromo de Interlagos
   14 de maio de 2019   │     0:02  │  0

Resultado de imagem para autodromo de interlagos

 

Sob risco de perder o status de casa da F-1 no Brasil para o Rio de Janeiro, o autódromo de Interlagos, (foto acima/G1 – Globo), recebeu investimento público de ao menos R$ 880 milhões (em valores corrigidos pela inflação) ao longo dos últimos 29 anos em que sediou o GP Brasil, segundo levantamento realizado pela reportagem com base em informações de contratos publicados no Diário Oficial.

O levantamento considera apenas os valores que foram direcionados para obras realizadas no local para atender a exigências da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e da FOM (Formula One Management, antiga proprietária da F-1) para manter no autódromo as provas da categoria.

O valor é superior aos R$ 697,4 milhões que deverão ser gastos para a construção do autódromo do Rio, na região de Deodoro. A intenção nesse caso é que o custo seja arcado pela iniciativa privada.

A realização do GP Brasil em São Paulo ajudou a movimentar a economia da cidade. Em 2018, estima-se que o evento movimentou cerca de R$ 334 milhões com turismo, um crescimento de 19,2% frente aos R$ 280 milhões registrados em 2017, segundo dados da SPTuris.

Não à toa, com a ameaça de perder a F-1 depois que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou termo de cooperação com objetivo de levar as provas para o Rio, o prefeito Bruno Covas e o governador de São Paulo, João Doria (ambos do PSDB), tentam renovar por mais dez anos o contrato com a F-1, vigente até 2020.

Atualmente, o projeto de privatização de Interlagos está congelado, à espera do início das discussões sobre a Operação Urbana Jurubatuba na Câmara Municipal.

O primeiro GP Brasil de F-1 foi realizado em 1972, em Interlagos. Nos anos 1980, a prova se mudou para o Rio de Janeiro, no autódromo de Jacarepaguá, onde ficou até 1989. No ano seguinte, voltou para Interlagos, circuito em que permanece até hoje.

Blog com Folhapress

Jaguar demite Nelsinho Piquet após início ruim na temporada
   11 de abril de 2019   │     0:04  │  0

O brasileiro Nelsinho Piquet acertou sua saída amigavelmente e não é mais piloto da Jaguar (Foto: Instagram/Reprodução)

A Jaguar anunciou a saída de Nelsinho Piquet, que conquistou apenas um ponto na atual temporada da Fórmula E. “Depois de 18 corridas na Jaguar, Piquet e a equipe acordaram em rescindir o contrato com efeito imediato. Desejamos o melhor para Nelson no futuro e agradecemos pela contribuição”, afirmou a equipe, em nota.

Filho do tricampeão de Fórmula 1 Nelson Piquet, o piloto de 33 anos disputou seis corridas no ano e teve o 10° lugar na Arábia Saudita como melhor resultado. Primeiro campeão da Fórmula E, na temporada 2014-15, Nelsinho  não terminou as últimas três corridas.

A equipe já anunciou o britânico Alex Lynn, de 26 anos, como substituto. A próxima etapa da categoria será no dia 13 de abril, em Roma, na Itália.

Blog com Veja