Category Archives: Árbitros

Escândalo de arbitragem completa 15 anos
   26 de setembro de 2020   │     16:00  │  0

Image for post

Edilson joga moeda para Tevez e Rogerio Ceni antes do clássico no Morumbi. (Foto: Fernando Pilatos/Gazeta Press)

Há 15 anos, no dia 23 de setembro de 2005, a capa da revista Veja escancarava um dos maiores escândalos já ocorridos dentro do futebol brasileiro: a Máfia do Apito. Assinado pelo, até então, repórter André Rizek, e a editora Thais Oyama, a matéria trazia como os principais personagens os árbitros Paulo José Danelon e Edilson Pereira de Carvalho.

A dupla, sob orientação do empresário Nagib Fayab, mais conhecido como ‘Gibão’, haviam apitado diversos jogos de competições diferentes, incluindo: Libertadores, Sul-Americana, Paulistão, além dos Brasileirões Séries A e B. O desfecho da história, muitos já conhecem. A principal divisão do futebol nacional teve 11 jogos anulados por suspeita de manipulação e o Corinthians terminou ‘beneficiado’ após a remarcação dos confrontos.

As demais partidas de outros torneios permaneceram da mesma forma. Um dos principais motivos, alegados na época pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), era de que os mesmos já haviam sido encerrados ou estavam em uma fase mais avançada, o que daria muito trabalho e seria inviável para remarcar e ver quem seriam as novas equipes classificadas.

No fim das contas, foi Edilson Pereira de Carvalho que mais estampou os noticiários da época. Responsável por apitar os 11 jogos da Série A, o juiz teve sua imagem diretamente relacionada ao título nacional conquistado naquele ano pelo Alvinegro paulista. No entanto, alguns jogos apitados por Danelon tiveram consequências ainda maiores para outras equipes brasileiras.

Vitória na Série C

A decisão do STJD em não anular partidas de outras competições, implicou diretamente em prejuízo para o Vitória, que disputava a Segundona e não vivia um bom momento naquela temporada. Ao fim da primeira fase da competição, o Leão era a primeira equipe dentro do Z-6 e acabou rebaixado, junto com o Bahia, para a terceira divisão do Brasileirão no ano seguinte.

Dentre os jogos da Série B, estavam quatro que tiveram o apito de Paulo José Danelon. Mesmo com nenhum desses tendo a participação direta do Rubro-Negro baiano, três duelos que envolviam o Paulista de Jundiaí (contra o Guarani) e o Ituano (contra Portuguesa e Marília) influenciaram indiretamente na parte debaixo da tabela.

Ambas equipes venceram seus jogos e terminaram acima do Vitória no certame. Caso os jogos fossem remarcados, os dois times ficariam atrás por dois pontos e empurrariam o Leão para o 15º lugar da classificação e com chances reais de permanência na Série B para o ano seguinte, o que não ocorreu e fez o time baiano amargar a Terceirona pela primeira vez em sua história.

A sequência rubro-negra é bastante conhecida. O time disputou a Série C em 2006 e, logo no primeiro ano, conseguiu o acesso após ficar atrás apenas do Criciúma. De volta à Série B, em 2007, a equipe conseguiu mais um acesso, dessa vez em quarto lugar e voltou rapidamente à elite do futebol nacional em 2008.

Também a frente do Vitória na época do rebaixamento, em 2005, o atual presidente Paulo Carneiro foi procurado pela reportagem, mas preferiu não comentar acerca do assunto.

Blog com A TARDE

 

Árbitro de polêmico Palmeiras x Corinthians vai dirigir CSA x CRB
   27 de agosto de 2020   │     16:00  │  1

Cesar Greco

Árbitro saiu de São Paulo depois de arbitragem polêmica no Paulistão (Foto: Cesar Grecol)

 

Na noite do próximo domingo, CSA e CRB medem forças pela 6ª rodada da Série B e o duelo promete fortes emoções, já que os rivais do futebol alagoano buscam vagas na Série A.

A CBF divulgou a escala de arbitragem e Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, da Paraíba, foi designado a comandar a partida.

Apesar de defender a Federação Paraibana de Futebol, o árbitro é de São Paulo, mas por conta da polêmica arbitragem na final do Paulista de 2018, precisou respirar novos ares.

Palmeiras e Corinthians disputavam a final do Campeonato Paulista no Allianz Parque, quando Marcelo Aparecido deu pênalti de Ralf em Dudu. Depois de muita reclamação dos corintianos e uma conversa com a equipe de arbitragem, ele voltou atrás na decisão e causou revolta nos palmeirenses, que o acusaram de sofrer interferência externa.

Com o título do Corinthians e muita reclamação do Palmeiras, Aparecido teve que dar sequência na carreira em outro estado fora de São Paulo.

Blog com matéria do LANCE

Clássico de domingo terá arbitragem paraibana
   24 de agosto de 2020   │     20:09  │  0

Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza vai comandar o clássico entre CSA e CRB — Foto: Marcos Ribolli

Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza vai comandar o clássico entre CSA e CRB — (Foto: Marcos Ribolli)

A CBF divulgou na tarde desta segunda-feira a escala de arbitragem para o clássico entre CSA e CRB, válido pela sexta rodada da Série B. Um trio da Federação Paraibana de Futebol vai trabalhar na partida do próximo domingo, às 19h, no Estádio Rei Pelé.

O árbitro será Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (CBF/PB). Os assistentes serão Ruan Neres Souza de Queiros (CBF/PB) e Schumacher Marques Gomes (CBF/PB). O quarto árbitro será Jonata de Souza Gouveia (CBF/AL).

Perfil

Marcelo Aparecido tem 47 anos e é empresário. A última partida que ele atuou como árbitro principal foi o confronto entre Paraná e Avaí, pela segunda rodada do Brasileiro. Depois disso, o paraibano trabalhou como árbitro assistente de vídeo nos jogos entre Internacional e Atlético-MG e Ceará e Bahia, ambos pelo Brasileirão.

Blog e ge.globo/AL

 

Arbitragem para semifinais do AL-2020
   1 de agosto de 2020   │     17:31  │  0

A Federação Alagoana de Futebol divulgou neste sábado a escala de arbitragem para os jogos das semifinal do estadual. As partidas serão realizadas na segunda-feira, no Estádio Rei Pelé. Vale lembrar que os confrontos CSA x Murici e CRB x ASA serão disputados no Trapichão.

CRB x ASA

Atendendo a uma solicitação do ASA, o quarteto que comanda a partida entre o CRB e o Alvinegro pertence ao quadro da FIFA. Wilton Pereira Sampaio apita o jogo. Ele será auxiliado por Bruno Rafael Pires e Fabrício Vilarinho da Silva. O trio é de Goiás. A quarta árbitra será Deborah Cecilia Correia, de Pernambuco. A partida está marcada para as 21h.

CSA x Murici

Antes, às 16h, CSA e Murici se enfrentam na primeira semifinal. O árbitro central será Denis Ribeiro Serafim. Os assistentes serão Esdras Mariano de Lima e Brigida Cirilo Ferreira. José Jaini Oliveira Bispo será o quarto árbitro.

Blog e Globo Esaporte/AL

Definida arbitragem para o clássico desta sexta-feira
   30 de julho de 2020   │     16:50  │  0

Rivais se enfrentarão pela segunda vez nesta temporada; no primeiro clássico, pela Copa do Nordeste, o jogo terminou empatado em 1×1 (Foto: AILTON CRUZ)

A Federação Alagoana de Futebol (FAF) definiu a arbitragem para o Clássico das Multidões entre CSA e CRB, desta sexta-feira (31), às 20 horas, no Estádio Rei Pelé. A partida, que é válida pela sétima rodada do Campeonato Alagoano, será comandada por Márcio dos Santos Oliveira, tendo como assistentes Esdras Mariano de Lima e Brígida Cirilo de Ferreira. À beira do gramado, estará Wiomar Santana de Oliveira.

Esta será a terceira partida comandada por Márcio nesta edição do Alagoano. Antes, o árbitro havia apitado Coruripe 1 x 1 CSE e CSA 1 x 1 CSE. No duelo entre o Azulão e o Tricolor de Palmeira dos Índios, inclusive, ele fez dobradinha com o auxiliar Esdras Mariano de Lima. Tendo como auxiliar Brígida Cirilio de Ferreira e como quarto árbitro Wiomar Santana de Oliveira será o primeiro jogo em que atuarão juntos.

O clássico entre o Azulão e o Galo será o último desafio do já classificado CRB à semifinal, na primeira fase da competição. Já para o clube azulino, a partida é decisiva para uma classificação à semi do Estadual.

Com a vitória por 3 a 0 sobre o Coruripe, o Regatas chegou aos 13 pontos e assumiu a liderança momentaneamente. O CSA foi derrotado por 2 a 0 pelo ASA, e se manteve na terceira posição.

Blog com Gazetaweb