/BLOGS

Arivaldo Maia

Category Archives: Árbitros

FAF antecipa pagamento de parcela para os Árbitros
   4 de abril de 2020   │     20:07  │  0

Para minimizar o prejuízo financeiro, a Federação Alagoana de Futebol decidiu antecipar o repasse da terceira parcela do contrato da arbitragem do Alagoano. Presidente da CA-FAF, o ex-árbitro Charles Hebert conversou com o GloboEsporte.com sobre o momento de incerteza no futebol e elogiou a postura da FAF.

– Os árbitros e assistente recebem por partidas atuadas. Como o campeonato está paralisado, não têm jogos para esses profissionais trabalharem e, consequentemente, não teriam nada a receber. Mas pensando no prejuízo financeiro para os árbitros e assistentes, a federação decidiu antecipar a terceira parcela do contrato da arbitragem do estadual. Com isso, a FAF efetuou o pagamento dos jogos trabalhados em março e antecipou algumas partidas que seriam realizadas em abril, para serem efetuadas quando acontecerem os jogos. Isso é uma maneira de apoiar aos árbitros e assistentes que, na sua grande maioria, sobrevivem apenas da arbitragem. Não está fácil para as entidades manterem os pagamentos em dias, devido a crise da Covid-19.

Charles Hebert é ex-árbitro e comanda a CEAF/AL — Foto: Viviane Leão/GloboEsporte.com

Charles Hebert é ex-árbitro e comanda a CEAF/AL — Foto: Viviane Leão/GloboEsporte.com

Além da ajuda por parte da Federação Alagoana de Futebol, Charles Hebert disse ainda que está trabalhando para conseguir um outro auxílio para os árbitros e assistentes em atividade no futebol alagoano.

– Estamos trabalhando para cadastrar os árbitros e assistentes alagoanos para serem contemplados com o auxílio que será concedido pelo Governo Federal aos trabalhadores informais. Como o árbitro de futebol não tem vínculo empregatício, então ele também tem direito a este valor de R$ 600 que será pago por conta da pandemia do coronavírus. Isso é mais uma forma de ajudar a esses trabalhadores de grande valia para o futebol.

Blog com Globo Esporte/AL

FPF nega ajuda para os Árbitros
     │     0:03  │  0

Cesar Greco© Fornecido por Areté Editorial S.A.Cesar Greco
A Federação Paulista de Futebol (FPF), recusou dar ajuda financeira aos árbitros paulistas que estão parados por conta da pausa dos campeonatos em decorrência do novo coronavírus. O Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado de São Paulo (Safesp) enviou a solicitação no dia 18 de março, mas a Federação respondeu somente nesta quarta-feira (1). 

No documento, a FPF diz não ter condições de ajudar os árbitros profissionais, já que não está recebendo por conta da paralisação dos campeonatos.

– Estamos impossibilitados de atender ao requerimento formulado, considerando que a epidemia da COVID-19 acarretou a suspensão dos recebíveis relacionados aos campeonatos organizados por esta Federação, que se encontram atualmente suspensos – diz trecho da carta, assinada pela presidente da Comissão de Arbitragem da FPF, Ana Paula de Oliveira, ex-árbitra profissional.

O presidente da SAFESP, Aurélio Sant’Anna Martins, lamentou a postura da Federação Paulista, e disse que a entidade está ‘fazendo pouco caso’ dos profissionais de arbitragem.

Blog com PLACAR

Rodadas do Paulistão sem cotas de TV
   3 de abril de 2020   │     17:00  │  0

Membro da diretoria do Red Bull Bragantino, Marquinho Chedid confirmou à ESPN que a TV Globo suspendeu o pagamento aos clubes da última das quatro parcelas pelos direitos de transmissão do Campeonato Paulista.

O dirigente explicou que o valor seria repassado aos 16 participantes em 15 de abril.

O torneio estadual está paralisado desde 16 de março por causa da pandemia do coronavírus – ainda restam duas rodadas da fase de grupos e quatro datas para as finais.

Chedid disse à reportagem ver como “natural” a TV Globo não pagar neste momento, pois não há receita para a própria emissora com os campeonatos paralisados (“um efeito cascata”, definiu o dirigente), sem receber de patrocinadores e sem pay-per-view.

Os clubes brasileiros deram férias aos jogadores por 20 dias, mas o dirigente do RB Bragantino não acredita que a situação estará normalizada até lá.

Com a antecipação das férias, os torneios estaduais, nacionais e internacionais – quando voltarem – devem ser finalizados até dezembro.

Blog com ESPN

Chicão diz estar aliviado com arquivamento de denúncia
   18 de fevereiro de 2020   │     13:00  │  0

Francisco Carlos do Nascimento, árbitro — Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com

Francisco Carlos do Nascimento, árbitro  (Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com)

O árbitro alagoano Francisco Carlos do Nascimento, o Chicão, teve denúncia arquivada pelo Ministério Público da Paraíba (MP/PB) e já pode voltar a trabalhar no futebol. Antes mesmo do arquivamento, o juiz tinha conseguido uma liminar na Justiça comum, em janeiro, que o colocava de volta ao quadro de arbitragem da CBF e da Federação Alagoana de Futebol. Sábado, ele apitou a partida entre Coruripe e ASA.

– Foi um ano e pouco nessa luta. Eu sabia que a decisão seria essa, mas o problema foi a demora para se resolver. Nesse tempo, eu fiz prova teórica, me preparei… tudo. Só não apitava.

Chicão foi acusado, em 2018, de manipulação de resultados no Campeonato Paraibano, na chamada Operação Cartola. Desde então, estava sem apitar. O árbitro, que já esteve no quadro da FIFA e apitou jogos da Libertadores, se mostrou aliviado com a resolução.

– Agora é aguardar as escalas. Já apitei no sábado, pelo Alagoano, fiz Coruripe e ASA. Estou apto na CBF e aqui. Vida que segue. Foi uma lição tanto para o pessoal quanto para o profissional. Que eu possa representar bem Alagoas, como sempre fiz, em competições organizadas pela CBF. Desde 2008 eu faço jogos da Série A e B do Brasileirão. Espero retomar isso.

Chicão diz que merece reconhecimento, mas também aprendeu lições. Agora, ele mesmo fala que viverá um novo momento.

– Fiz jogos até fora do país, quando fiz parte do quadro da FIFA até 2015. Jogos de Libertadores, na Europa, Sul-Americana… Em relação à arbitragem, eu me sinto realizado. É uma nova fase, um novo Chicão, bem mais experiente.

Blog e Globo Esporte/AL

Árbitro relata na súmula reclamações de Lugano
   17 de fevereiro de 2020   │     17:00  │  0

 

O clássico entre São Paulo e Corinthians teve os goleiros como protagonistas, mas o árbitro Douglas Marques das Flores foi personagem central, alvo de muitas reclamações dos Tricolores. Depois da partida, ele foi pressionado por dirigentes do São Paulo e relatou as reclamações na súmula da partida.

Diego Lugano e Fernando Bracalle Ambrogi, dirigente do Tricolor, foram para cima da arbitragem na porta dos vestiários e mostraram-se indignados com a atuação de Douglas Marques das Flores.

“Informo que ao sair do campo de jogo e já estando presente no corredor de acesso ao vestiário dos árbitros, a equipe de arbitragem foi parada por dirigentes da equipe do São Paulo FC, onde foi identificado os senhores: Diego Alfredo Lugano Moreno, que proferiu as seguintes palavras ‘safados, filho da p***’, e Fernando Bracalle Ambrogi, que proferiu as seguintes palavras ‘Agora vocês chamam a polícia, trabalhamos a semana inteira pra você vir aqui e fazer isso’. Informo ainda que foi necessário a intervenção da policia militar”, relatou o árbitro no documento da partida.

Os são-paulinos reclamaram de um possível pênalti de Camacho em cima de Igor Gomes, já nos acréscimos do segundo tempo. O meia invadiu a área corintiana e caiu depois de sentir o contato do volante, mas a arbitragem nada marcou.

Na zona mista depois da partida, Raí e Lugano, dirigentes do Tricolor, proferiram duras críticas à Federação Paulista de Futebol e ao árbitro, relembrando outras partidas em que o clube teria sido prejudicado por erros dos donos do apito.

Blog com Terra Esportes

 

 

© Copyright 2000-2016 Gazeta de Alagoas Online Ltda. Todos os direitos reservados