Category Archives: Árbitros

“É um sonho”, diz árbitra brasileira Edina Alves
   7 de janeiro de 2021   │     21:00  │  0

Edina Alves tem a oportunidade de fazer história duas décadas depois de estrear como árbitra. A brasileira é a primeira mulher convocada para comandar um trio de arbitragem em um Mundial de Clubes, no próximo mês, um “sonho” que quebra barreiras em um esporte onde o machismo ainda domina.

“É um sonho participar de um evento como este. Trabalhamos muito. Sou árbitra há 20 anos, nada caía do céu (…), estava sempre preparada para quando surgisse a oportunidade”, afirma, transbordando de orgulho, em entrevista à AFP.

Edina, de 40 anos, e as assistentes Neuza Back (Brasil) e Mariana de Almeida (Argentina) podem se tornar as primeiras mulheres a comandar uma partida de futebol profissional masculina em um torneio da Fifa. A suíça Esther Staubli e a uruguaia Claudia Umpiérrez são pioneiras, mas no Mundial Sub-17.

Blog com AFP

Fifa escala Edina Alves para apitar o Mundial de Clubes
     │     18:00  │  0

Após apitar a Série A, Edina Alves estará no Mundial femininoApós apitar a Série A, Edina Alves estará no Mundial feminino (Foto: AILTON CRUZ)

A Fifa já anunciou o quadro de arbitragem do Mundial de Clubes de 2020, a ser disputado em fevereiro deste ano, no Qatar. A brasileira Edina Alves está entre os selecionados, e comandará um dos trios na competição. A assistente Neuza Back também foi escalada.

Edina é do Paraná e faz parte do quadro de árbitras da Fifa desde 2016, com experiência em jogos da Série A. Ela foi a representante do país na Copa do Mundo feminina da França, quando apitou a semifinal entre Inglaterra e Estados Unidos. No Mundial de Clubes a brasileira estará ao lado de outros seis árbitros.

Parte do quadro Fifa desde 2014, Neuza foi escolhida para ocupar o posto de bandeirinha na competição, ao lado da argentina Mariana de Almeida e outros dez assistentes. Ela também esteve na Copa da França de 2019, e recentemente trabalhou no jogo entre Vélez Sarsfield e Peñarol, pela Copa Sul-Americana masculina.

Para o Mundial a ser realizado entre os dias 1 e 11 de fevereiro de 2021, a Fifa escalou ainda sete árbitros de vídeos para a operação do sistema de VAR. O sorteio para determinar os confrontos está previsto para o dia 19 de janeiro.

 Blog com EXTRA

Após vitória no sufoco, volante abraça árbitro e gera polêmica
   28 de dezembro de 2020   │     11:30  │  0

Volante Paulinho, do Santa Cruz, abraça árbitro Igor Junio Benevenuto — Foto: Reprodução/Twitter

Volante Paulinho, do Santa Cruz, abraça árbitro Igor Junio Benevenuto — (Foto: Reprodução/Twitter)

Um lance inusitado ocorreu após o apito final do jogo, que acabou com vitória do Santa Cruz por 2 a 1 para cima do Ituano, no Novelli Júnior. O volante Paulinho resolveu abraçar e comemorar o triunfo com o árbitro Igor Junio Benevenuto de Oliveira, de Minas Gerais. O ‘carinho’ do atleta no juiz viralizou pelas redes sociais.

SURPRESA E AMARELO
Igor Junior Benevenuto foi claramente pego de surpresa pelo jogador e não conseguiu esboçar reação. Feliz com a vitória que recoloca o Santa Cruz na briga pelo acesso na Série B, Paulinho comemorou como uma espécie de desabafo e abraçou a primeira pessoa que viu, o árbitro. Mas recebeu o cartão amarelo, por atitude inconveniente.

O Ituano não gostou da situação e resolveu xingar nas redes sociais. “Árbitro Igor Benevenuto / MG comemora com os jogadores a vitória do Santa Cruz contra o Ituano”, posou a página oficial do clube.

Em suas Redes Sociais, a direção do Ituano acusou o árbitro de comemorar o fim do jogo com os jogadores do Santa Cruz. No primeiro tempo, a expulsão do meia de Paulinho Dias, aos 39 minutos por receber o segundo cartão amarelo, seguido do vermelho.

O time paulista teve que suportar a pressão adversário por todo o segundo tempo. Quase conseguiu, afinal sofreu o segundo gol nos acréscimos.

O resultado deixou o Ituano na liderança do Grupo C, com quatro pontos, assim como Vila Nova e Santa Cruz. O Brusque tem três. O time paulista, curiosamente, leva vantagem no número de gols marcados: 4 a 3. Por isso é o líder matemático.

Blog e Futebol Interior

“Ladrão, safado…”! Árbitro registra xingamento de dirigente
   4 de dezembro de 2020   │     11:30  │  0

Se o América-MG não saiu nada satisfeito com a arbitragem na derrota, por 2 a 1, para o Cruzeiro pela 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o paraense Dewson Fernando Freitas fez questão de relatar tudo na súmula da partida.

“Informo que, após o término do jogo, quando a equipe de arbitragem estava se dirigindo ao vestiário da arbitragem, o conselheiro da equipe do América FC, sr. Anderson Racilan, partiu em nossa direção, apontando com o dedo, e me ofendeu proferindo de maneira ofensiva as seguintes palavras: “tú és safado, ladrão, bandido, merece pegar uns tapas, juiz de várzea, juiz de várzea, juiz de várzea”, escreveu o juizão.

“Relato que o sr. Marco Antônio Batista, também conselheiro da equipe do América FC, me ofendeu gritando as seguintes palavras: “veio para fazer o resultado e livrar o Cruzeiro, seus bando de ladrões, safados”, continuou Dewson.

LISCA
A súmula também não foi nada amiga do técnico Lisca, expulso ainda aos 16 minutos do primeiro tempo. O técnico do América foi irônico com a arbitragem.

“Após receber a advertência, o treinador foi expulso por gesticular com os braços e me ofender com os seguintes dizeres, “pode comemorar o gol junto com o time deles, estão mal intencionados, tu não tem vergonha não”, relatou o paraense.

“Na sequência, o mesmo aplaudiu a equipe de arbitragem de forma irônica gritando “parabéns”. Informo que o treinador depois de ser expulso ficou sentado na arquibancada localizada na parte de trás do banco de reservas da equipe do América Futebol Clube. Ao solicitar a sua saída, o mesmo falou que não sairia do local que estava e quem iria o tirar de lá. Afirmo que o treinador não se manifestou durante todo o primeiro tempo e no segundo tempo do jogo, o mesmo ficou sentado no local reservado para a diretoria do América Futebol Clube, na parte superior da arquibancada”, completou.

“Na sequência, o mesmo aplaudiu a equipe de arbitragem de forma irônica gritando “parabéns”. Informo que o treinador depois de ser expulso ficou sentado na arquibancada localizada na parte de trás do banco de reservas da equipe do América Futebol Clube. Ao solicitar a sua saída, o mesmo falou que não sairia do local que estava e quem iria o tirar de lá. Afirmo que o treinador não se manifestou durante todo o primeiro tempo e no segundo tempo do jogo, o mesmo ficou sentado no local reservado para a diretoria do América Futebol Clube, na parte superior da arquibancada”, completou.

Por outro lado, o portal Futebol Interior destacou matéria sobre o jogo e atuação do árbitro. ‘O América/MG tinha motivos de sobra para reclamar da arbitragem de Dewson Fernando Freitas da Silva, do Pará. ‘Juizão paraense deu um pênalti que não houve, expulsou Lisca e ainda não marcou um pênalti para o Coelho’.

Ele marcou o pênalti que abriu o placar para o Cruzeiro e foi muito contestado. Depois expulsou, ainda aos 17 minutos do primeiro tempo, o técnico Lisca por reclamações. No segundo tempo, deixou de marcar uma penalidade máxima, desta vez, para o Coelho.

Amanhã, no Rei Pelé, o América/MG vai bater de frente com o CSA.

Blog com Futebol Interior

 

Arnaldo Cezar Coelho: ‘Fizeram o VAR para ganhar dinheiro’
   20 de novembro de 2020   │     13:00  │  0

Arnaldo Cezar Coelho, comentarista de arbitragem da Globo - João Miguel Junior/TV Globo

Arnaldo Cezar Coelho, ex-comentarista de arbitragem da Globo (Foto:João Miguel Junior/TV Globo)

O ex-comentarista de arbitragem Arnaldo Cezar Coelho criticou duramente o VAR nesta semana. Além de dizer que as polêmicas continuam, Arnaldo afirmou que o árbitro de vídeo não tem credibilidade e que ele foi feito para ganhar dinheiro, detonando o uso e quem o apoia.

“Eu avisei que não ia dar certo. Inventaram o VAR pra ganhar dinheiro, foi um crime que aconteceu. O criminoso tá vendendo o equipamento pra ganhar dinheiro. E esse equipamento, se for mal utilizado, vai dar erro”, criticou Arnaldo durante o programa “Bem, Amigos”, do SporTV.

o ex-árbitro ainda citou o erro admitido pelo próprio presidente da comissão de arbitragem da CBF, Leonardo Gaciba, na anulação do gol do atacante Luciano, do São Paulo, na partida contra o Atlético-MG.

“O equipamento perdeu totalmente a credibilidade. Mais ridículo ainda são os árbitros que ficam com o dedo no ouvido querendo escutar o VAR. Parece que estão limpando o ouvido. Estão usando o VAR como uma muleta, e o criminoso rindo à toa, porque não gosta de futebol, gosta de dinheiro. Está estragando o futebol. Tenho raiva do VAR, sou contra o VAR e raiva de quem elogia o VAR”, complementou.

Arnaldo Cezar Coelho foi também árbitro de Copa do Mundo e trabalhou como comentarista na Globo por 30 anos.

Blog com O DIA