Category Archives: Árbitros

CBF define arbitragem para Supercopa entre Palmeiras e Flamengo
   6 de abril de 2021   │     9:50  │  0

A CBF definiu já= a arbitragem para a final da Supercopa do Brasil entre Palmeiras e Flamengo. Leandro Pedro Vuaden comandará o jogo, tendo Wagner Reway como árbitro de vídeo. Os assistentes serão Rafael da Silva Alves e Jorge Eduardo Bernardi.

Campeões da Copa do Brasil e do Brasileirão, respectivamente, Palmeiras e Flamengo se enfrentam na primeira decisão da temporada no próximo domingo, no Estádio Mané Garrincha. A Supercopa havia deixado de ser realizada entre os anos 1992 e 2019 e voltou a acontecer na temporada passada.

Vuaden apitou nove jogos no total das duas equipes na temporada passada. Em quatro oportunidades apitando partidas do Palmeiras, o Verdão venceu duas, empatou uma e perdeu uma. Pelo Flamengo, foram dois empates, duas derrotas e apenas uma vitória.

Blog com Terra Esportes

Pioneiras fazem arbitragem feminina romper barreiras em torneios internacionais
   5 de abril de 2021   │     23:15  │  0

Claudia Umpierrez, do Uruguai, uma das árbitras mais destacadas da América do Sul (Foto: Conmebol)

O ano de 2021 já está na história da arbitragem feminina de futebol. Até agora, quatro mulheres conquistaram feitos inéditos e conseguiram ser nomeadas pela primeira vez para trabalhar em competições importantes. O Mundial de Clubes da Fifa, as Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo e até o Campeonato Inglês admitiram a presença delas.

A lista dessas mulheres pioneiras tem a presença da brasileira Edina Alves Batista. A paranaense de Goioerê comemorou neste início de ano dois feitos. O primeiro foi a oportunidade de trabalhar no Mundial de Clubes, no Catar, e depois a honra de apitar o dérbi entre Palmeiras e Corinthians. Na última semana, quem entrou para história foram a francesa Stéphanie Frappart e a ucraniana Kateryna Monzul. Elas se tornaram as primeiras mulheres a trabalhar em jogos masculinos de Eliminatórias de Copa.

Nesta segunda-feira foi a vez da inglesa Rebecca Welch comemorar. Aos 37 anos, ela foi a primeira mulher a apitar uma partida do Campeonato Inglês. Pela quarta divisão, a árbitra estará no comando do encontro entre Harrogate Town e Port Vale. Para Rebecca, significa um prêmio para quem há dez anos largou do trabalho em cargo administrativo no serviço de saúde britânico para se tornar árbitra profissional de futebol.

Além dela, na Inglaterra há um time de outras árbitras prestes a ganhar oportunidade de trabalhar em competições masculina. Na elite do futebol local algumas delas trabalham no papel de quarto ou quinto árbitro. Rebecca diz não se importar em estrear em um jogo de quarta divisão e garante que um dia pretende trabalhar em partidas da elite. “Não se pode tratar de forma diferente uma final de campeonato ou um jogo das categorias de base. Assim que o árbitro entra em campo, tem de estar focado no que vai fazer”, explicou.

COPA DO MUNDO!
O próximo passo será ter árbitras mulheres na Copa do Mundo de 2022, no Catar. Na última semana as rodadas de Eliminatórias na Europa registraram dois feitos inéditos. Pela primeira vez a Uefa nomeou mulheres para dirigirem jogos. O encontro entre Holanda e Letônia foi apitado pela francesa Stéphanie Frappart. No dia seguinte, foi vez da ucraniana Kateryna Monzul comandar a partida entre Áustria e Ilhas Faroé. Não por acaso, as duas foram também as responsáveis por comandarem as duas últimas finais do Mundial Feminino.

A francesa Stéphanie acumula também outros feitos na carreira. Foi ela a primeira mulher a apitar jogos da Liga dos Campeões e da Supercopa Europeia. Membro do quadro da Fifa desde 2009, Stéphanie acumula também uma longa experiência em jogos do futebol francês.

Em entrevista no início deste ano, a brasileira Edina Batista afirma que a arbitragem vive uma transição importante. A aposta dela é que em um futuro próximo não haverá divisão entre homens e mulheres nessa função. “Está chegando a hora de nós, os árbitros, não sermos mais tratados por gênero, mas sim por capacidade. Tudo está indo por esse caminho agora”, disse. “A divisão por gênero tem de acabar. Tudo tem de ser pela competência”, afirmou.

Blog e Futebol Interior

Árbitro é condenado a prisão por marcar pênalti inexistente
   2 de abril de 2021   │     20:50  │  0

O árbitro Srdjan Obradovic foi condenado a 15 meses por abuso de poder. Em 2018, ele marcou um pênalti inexistente na partida entre Spartak Subotica e Radnicki Nis.

Agora que saiu a esperada sentença, Obradovic também está proibido de exercer qualquer cargo na Federação Nacional de Futebol por dez anos.

De acordo com informações da agência de notícias sérvia Tanjug, a sentença ainda é passível de recurso e foi proferida pela Câmara Anticorrupção do Tribunal Superior de Novi Sad.

O árbitro Srdjan Obradovic foi condenado a 15 meses por abuso de poder. Em 2018, ele marcou um pênalti inexistente na partida entre Spartak Subotica e Radnicki Nis.

Obradovic também está proibido de exercer qualquer cargo na Federação Nacional de Futebol por dez anos.

De acordo com informações da agência de notícias sérvia Tanjug, a sentença ainda é passível de recurso e foi proferida pela Câmara Anticorrupção do Tribunal Superior de Novi Sad.

O árbitro Srdjan Obradovic foi condenado a 15 meses por abuso de poder. Em 2018, ele marcou um pênalti inexistente na partida entre Spartak Subotica e Radnicki Nis.

Obradovic também está proibido de exercer qualquer cargo na Federação Nacional de Futebol por dez anos.

De acordo com informações da agência de notícias sérvia Tanjug, a sentença ainda é passível de recurso e foi proferida pela Câmara Anticorrupção do Tribunal Superior de Novi Sad.

Blog com ISTOÉ/LANCE

 

Luto! Morre ex-árbitro que ficou famoso por usar perucas
   29 de março de 2021   │     17:30  │  0

João Leopoldo Ayeta como árbitro de São Paulo e Palmeiras em 1978 (Foto: Reprodução/Facebook)

João Leopoldo Ayeta foi vítima de um infarto na noite de sábado.

O final de semana protagonizou um luto na arbitragem brasileira. Morreu em Monte Alegre do Sul, no interior paulista, João Leopoldo Ayeta, de 81 anos e que fez sucesso no apito nos anos 1970/80. Ayeta foi vítima de um infarto na noite de sábado.

Químico de formação e com bons empregos, João Leopoldo Ayeta poderia ter sido um dos melhores árbitros do Brasil, mas optou em ficar atuando basicamente no Estado de São Paulo, onde apitou jogos e finais importantes.

Disciplinador e enérgico dentro de campo, Ayeta chegou a ser diretor do Sindicato de Árbitros no Estado de São Paulo.

AYETA INOVOU AO USAR PERUCAS
Uma curiosidade marca a carreira de Ayeta. Com calvície precoce, Ayeta chamou a atenção de todos ao usar peruca, fato inusitado até os dias atuais.

Com sua vida pessoal e profissional na capital paulista, João Leopoldo Ayeta, nos últimos anos, mudou para Monte Alegre Sul, cidade bucólica na Região Serrana de São Paulo, onde tinha uma vida estável e confortável.

Blog de Futebol Interior

FPF admite erro “claro e óbvio” contra o São Paulo
   15 de março de 2021   │     10:30  │  0

Luciano é derrubado, mas pênalti não é marcado — Foto: Jessica Santana / Estadão Conteúdo

Luciano é derrubado, mas pênalti não é marcado — (Foto: Jessica Santana / Estadão Conteúdo)

A Federação Paulista de Futebol admitiu, neste domingo, que a arbitragem de campo e o VAR erraram ao ignorar um pênalti a favor do São Paulo na derrota de 2 a 1 para o Novorizontino, neste sábado, pelo Campeonato Paulista.

O atacante Luciano foi lançado dentro da área e caiu após trombada com o goleiro Giovanni. A árbitra Edina Alves Batista deixou o jogo seguir. O VAR revisou a disputa em seguida e manteve a decisão de campo.

Em nota, a Federação reconheceu o erro de interpretação em campo e de procedimento no VAR e disse que os envolvidos passarão por treinamento.

Blog com ge.globo