Ex-jogador da NFL Aaron Hernandez é encontrado morto em prisão nos EUA
   21 de abril de 2017   │     0:04  │  0

 

Resultado de imagem para Aaron Hernandez preso

Aaron Hernandez estava preso desde 2013 por homicídio (Foto: Matt Stone)

Absolvido há poucos dias de uma acusação de duplo assassinato, o ex-jogador de futebol americano Aaron Hernandez foi encontrado morto na cela onde estava preso, na madrugada da última quarta-feira. Conforme o jornal “Boston Globe” e o canal de TV “ESPN”, a polícia local suspeita que ele possa ter cometido suicídio dentro do Centro Correcional Souza-Baranowski, na cidade Shirley, em Massachusetts.

Segundo o porta-voz do Departamento de Polícia, Christopher Fallon, o ex-astro do New England Patriots, time que é o atual campeão da NFL, foi encontrado às 3h da manhã por guardas do presídio. Levado a um hospital da cidade de Leominster, Hernandez, de 27 anos, foi declarado morto uma hora depois de dar entrada na instituição. O ex-atleta estava sozinho na cela do presídio, que é de segurança máxima.

Conforme o porta-voz do Departamento da Polícia à imprensa norte-americana, o ex-jogador bloqueou a porta com vários itens e teria colocado um lençol em volta do pescoço e prendido na janela. A polícia do estado de Massachusetts continua investigando a sua morte.

Na última sexta-feira, dia 14, Hernandez tinha sido absolvido de uma acusação de duplo homicídio. Ele era suspeito dos assassinatos de Daniel de Abreu e Safiro Furtado, ocorridos em Boston, em 2012. O ex-jogador já cumpria pena de prisão perpétua pelo assassinato de Odin Lloyd, um jogador semiprofissional, em junho de 2013. Ele era namorado da irmã de sua noiva.

Durante o julgamento, foi dito que os homens iniciavam uma amizade, mas que Hernandez se voltou contra Lloyd porque este se relacionava com pessoas que o ex-atleta do New England Patriots desaprovava. A juíza-assistente do Supremo Tribunal de Massachusetts Susan Garsh sentenciou Hernandez à prisão perpétua sem possibilidade de condicional, a punição obrigatória para homicídio intencional no estado.

Os Patriots dispensaram Hernandez, um astro em ascensão com um contrato de 41 milhões de dólares, depois de sua prisão no dia 26 de junho de 2013, nove dias após a descoberta do corpo de Lloyd.

Blog com EXTRA

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *