COI diz que atleta com covid-19 será afastado, mas poderá ganhar medalha olímpica
   16 de junho de 2021   │     23:00  │  0

O diretor de esportes do Comitê Olímpico Internacional (COI), Kit McConnell, anunciou ontem em entrevista coletiva que os atletas que testarem positivo para a covid-19 não serão desclassificados das competições nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. O anúncio foi feito na capital japonesa, durante visita de diretores da entidade a pouco mais de mês do início do evento e destacou novos pontos do “Playbook”, o livro de normas.

Os competidores que forem infectados pelo novo coronavírus e não puderem disputar suas provas serão reconhecidos como DNS (“Do Not Start”, não começou em português). Em alguns casos, como o badminton e o tênis, que são competições de longa duração, um atleta que chegue à final e teste positivo terá garantida a medalha de prata.

McConnell afirmou que cada esporte terá as suas próprias regras e elas podem ser um pouco diferente entre si, porém o COI fez um plano com cada federação para garantir consistência e homogeneidade nas decisões. Em algumas modalidades, a vaga do atleta pode ser redistribuída. Caso um semifinalista teste positivo, ele será substituído por um outro competidor eliminado na fase anterior.

Essa ideia não funciona no judô, por exemplo, já que eliminatórias e finais acontecem no mesmo dia. O diretor ainda ressaltou que o COI fez 13 eventos testes entre abril e maio, segundo ele, todos bem sucedidos.

“O time ou atleta que não puder participar das semifinais seria substituído, se possível, pelo time que jogou nas quartas de final. No ponto final desse quebra-cabeças, atletas e equipes não devem perder o resultado mínimo que teriam obtido. Se um atleta tivesse participado de um evento de medalha, mas não pode, ele receberá o nível mínimo de medalha que teria recebido, por exemplo, em uma final”, explicou McConnell.

“Não achamos que seja justo tirar isso deles (atletas) depois de tudo pelo que passaram para chegar a essa posição na competição. Vamos desenvolver esporte a esporte, disciplina a disciplina, evento a evento, ao finalizar os regulamentos específicos do esporte que irão será publicado nas próximas semanas”, disse o dirigente do COI.

PROTOCOLOS

– Na entrevista coletiva conjunta com membros do Comitê Organizador de Tóquio-2020, do COI e do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, na sigla em inglês), os dirigentes frisaram a estrutura montada para isolar os atletas que por ventura venham a testar positivo para a covid-19.

Todos os atletas farão testes diários e poderão escolher entre duas janelas, uma às 9 horas e outra às 18 horas (horários locais). Caso o resultado seja positivo ou inconclusivo, o atleta será imediatamente isolado e fará uma contraprova com duas metodologias diferentes. Os resultados neste caso terão prioridade e deverão sair em até 3 horas.

Se o positivo for confirmado, o atleta será transportado para um local onde cumprirá o isolamento e terá o estado de saúde monitorado. O local e o tempo de permanência serão definidos pelas autoridades japonesas de acordo com a gravidade dos sintomas. Serão servidas três refeições por dia, mas o consumo de álcool e cigarros será proibido.

Uma vez no Japão, todos os atletas deverão cumprir os protocolos de prevenção e controle da covid-19. Em caso de desobediência, poderão sofrer as seguintes punições: advertência, retirada provisória ou permanente da credencial, desclassificação dos Jogos e sanção financeira – os valores ainda não foram definidos pela organização.

Blog com informações do ESTADÃO Conteúdo

Comentários 0

Bota encaminha venda de Sousa ao Brugge-BEL; negócio pode render R$ 16 milhões mais valor de multa rescisória
     │     22:00  │  0

Foto: Flickr Oficial Botafogo e Futebol de Regatas - autor: Vitor Silva
Souza – (Foto: Vitor Silva)

 

Depois de se movimentar no mercado para reforçar o elenco, embora ainda procure um camisa 10 para o time comandado por Chamusca, o Botafogo se prepara para vender o zagueiro Sousa. Segundo o jornalista Venê Casagrande, do jornal O Dia, a transação está na iminência de acontecer. O negócio será fechado com o Cercle Brugge, em torno de 2,5 milhões de euros (cerca de R$ 16 milhões).

Embora as conversas estejam bastante adiantadas, inclusive com a documentação do clube belga já encaminhada para General Severiano, ainda faltam detalhes. Em apuração do Globosporte.com, foi constatado que as partes ainda não definiram se o jogador será contratado com compra dos direitos econômicos do atleta, ou se a negociação será feita por empréstimo. O Fogão detém, hoje, 100% dos direitos econômicos do jogador e a manutenção de alguma porcentagem para uma futura venda também está em aberto.

Na atual temporada, Sousa atuou em sete jogos pelo Botafogo No ano passado, quando foi integrado ao profissional, Sousa participou de 15 partidas. O zagueiro começou no Flamengo e aos 14 anos, ao ser dispensado na Gávea, ganhou nova chance no time Sub-15 do Alvinegro da Estrela Solitária.

Sousa conquistou espaço ao ser promovido ao time principal do Bota, em 2020. Dos sete jogos que fez em 2021, seis foram como titular. Se a venda for concretizada, Chamusca ficará com Kanu, Gilvan e Joel Carli para atuar pelo setor defensivo. Segundo informações do jornalista Wellington Arruda, Sousa tem contrato com o Botafogo até julho de 2022. Sua multa rescisória para fora do país é de R$35 milhões.

Blog com  Rafael Leitão – BOLAVIP

 

 

Comentários 0

Em São Januário Avaí faz 2 a 0 no Vasco e conquista primeira vitória na Série B
     │     21:11  │  0

Jogadores do Avaí comemoram gol marcado por Getúlio

Jogadores do Avaí comemoram gol marcado por Getúlio (Foto: Thiago Ribeiro/AGIF)

Time catarinense faz boa partida em São Januário e deixa a zona de rebaixamento; Vasco volta a mostrar fragilidade defensiva e perde a segunda na competição.

Resumão

O Avaí conquistou sua primeira vitória nesta edição da Série B do Brasileirão. Na noite desta quarta-feira, a equipe catarinense fez boa partida em São Januário, venceu o Vasco por 2 a 0, os gols marcados por Getúlio e Renato, e deixou a zona de rebaixamento da competição. Já o Vasco voltou a mostrar fragilidade na defesa e perdeu a segunda na competição.
Xô, lanterna!

O Avaí começou a rodada na última colocação da tabela da Série B do Brasileirão: eram duas derrotas, um empate e apenas um ponto somado até então. Com a primeira vitória, o time comandado por Claudinei Oliveira saiu da zona do rebaixamento e ocupa no momento a 13ª colocação, com quatro pontos. Por sua vez, também com quatro pontos, o Vasco é o 14ª colocado.

Blog com Redação do ge – Rio de Janeiro

 

Comentários 0

Murici e ASA batem de frente pelo Brasileiro da Série D
     │     21:00  │  0

Logo Série D

 

Murici e ASA se enfrentam no sábado, às 16h, pela terceira rodada da Série D. Na atual temporada, as equipes se encontraram duas vezes: um empate e uma vitória alvinegra. Os jogos foram pela Copa Alagoas e Campeonato Alagoano.

O primeiro jogo entre ASA e Murici em 2021 foi pela terceira rodada da Copa Alagoas. Terminou 0 a 0. Vale destacar que o time alvinegro conquistou o bicampeonato da competição.

A segunda partida foi pela última rodada da primeira fase do estadual. No Estádio José Gomes da Costa, casa do Murici, o ASA venceu por 2 a 0. O detalhe é que as duas equipes não passaram para a semifinal do Alagoano.

No Brasileiro, Murici e ASA estão no Grupo 4. O Alviverde é terceiro da chave, com três pontos. A equipe arapiraquense, que ainda não venceu, ocupa o último lugar, com um ponto.

Blog com Leonardo Freire e ge.globo – Alagoas

 

Comentários 0

CSA confirma chegada do meia Renato Cajá, ex-Ferroviária e Juventude
     │     18:30  │  0

Renato Cajá comemorando gol pelo Juventude – (Arthur Dallegrave/ECJuventude)

Raimundo Tavares diz que jogador desembarca em Maceió nesta madrugada.

Um dos responsáveis por garantir o acesso do Juventude à Série A desta temporada, o meia Renato Cajá é o reforço da vez no CSA. Em contato com a GazetaWeb, o coordenador do departamento de futebol do Azulão, Raimundo Tavares, informou que o clube aguarda o desembarque do atleta na capital alagoana, na madrugada desta quinta-feira (17).

Na última temporada, Cajá atuou pelo Juventude, que conquistou acesso à Série A do Campeonato Brasileiro em 2021. Após encerrar a passagem pelo clube Jaconero, ele transferiu-se para a Ferroviária, onde marcou dois gols em 12 jogos.

Renato Adriano Jacó Morais, tem 36 anos e é natural de Cajazeira (PB). Revelado pelo Mogi Mirim, o jogador tem passagens por Barretos, Ponte Preta, Al Ittihad (ARA), Grêmio, Botafogo, Guanzhou Evergrande (CHI), Kashima Antlers (JAP), Vitória, Bursaspor (TUR), Bahia, Goiás, Juventude e Ferroviária.

Blog e Raphael Silva – Gazetaweb.com

 

Comentários 0