ASA goleia Murici e se despede do estadual com vaga na Copa do Brasil
   29 de abril de 2017   │     21:44  │  0

O ASA atropelou o Murici na decisão do terceiro lugar do Alagoano. Podia até empatar neste sábado, em Arapiraca, mas fez muito mais e venceu por 3 a 0, gols de Leandro Kível, Mazinho e André Lima. Esse resultado garante o Alvinegro na Copa do Brasil de 2018 e também marca a despedida das equipes do estadual.

Agora, o ASA só pensa na Série C do Brasileiro. O Murici vai disputar a Série D. No dia 14 de maio, o Alvinegro estreia na Terceirona fora de casa, contra o rival CSA, no Rei Pelé. O Murici inicia a Série D no dia 21 de maio, fora, contra o América-RN.

Blog com GloboEsporte/AL

COMENTÁRIOS 0

ASA vence o Murici por 3 a 0 e está na Copa do Brasil de 2018
     │     19:42  │  0

ASA e Murici encerraram suas participações no Alagoano 2017 neste sábado (29). Jogando no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, o time Alvinegro derrotou o Murici por 3 a 0, com gols de Leandro Kível, Mazinho e André Lima.

Com o o resultado, o ASA que já havia vencido o primeiro jogo fora de casa por 3 a 2 no meio de semana,  ficou com o terceiro lugar do Estadual conquistando assim, mais uma vaga de Alagoas na Copa do Brasil 2018.

Agora, logo após a despedida dos dois times do Alagoano 2017, o momento é de reestruturação para o início das competições nacionais. O ASA vai disputar a Série C e estreia contra o CSA no dia 14 de maio, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, enquanto o Murici fará sua estreia na Série D no dia 21 contra o América-RN em Natal.

Todos os detalhes do duelo CRB e CSA válido pela decisão do campeonato alagoano você vai acompanhar na publicação deste domingo…

Texto: Wyderlan Araújo (especial para o Blog do Arivaldo)

 

COMENTÁRIOS 0

ASA e Murici estão em campo, em Arapiraca, decidindo o 3º lugar do Alagoano-2017
     │     17:29  │  0

ASA e Murici estão em campo na busca pela terceira vaga de Alagoas na Copa do Brasil de 2018. No primeiro jogo, realizado no meio de semana, o Alvinegro levou a melhor, venceu por 3 a 2, mesmo jogando na casa do adversário, e ganhou a vantagem do empate nesta segunda partida do confronto. O jogo foi iniciado às 17h30. O Blog do Arivaldo Maia vai acompanhar em tempo real.

A equipe arapiraquense tem duas baixas do lado de fora das quatro linhas. Expulsos em Murici, o técnico Maurílio Silva e o auxiliar Roberto de Jesus não poderão ficar na área técnica do Estádio Coaracy da Mata Fonseca. O auxiliar-técnico Moisés de Lima Neto será o responsável pelo time no banco de reservas.

Quem também está fora é o meia Diego Palinha, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Por outro lado, o Alvinegro terá o retorno do lateral-direito Douglas e o volante Mazinho, que cumpriram suspensão no primeiro duelo.

No Murici, o maior trabalho do técnico Bilu após a derrota em casa foi elevar a autoestima dos jogadores. O próprio treinador afirmou que não havia muito tempo para corrigir as falhas e as atenções maiores se concentravam em reanimar os atletas para este jogo em Arapiraca.

Expulsos no José Gomes da Costa, o zagueiro Edson Veneno e o volante Patrick desfalcam o Murici. Sinval e Gueba estão em campo como substitutos. Entregues ao departamento médico, o lateral-direito Paulo Sérgio e o zagueiro Cláudio são dúvidas.

Aguarde mais detalhes.

COMENTÁRIOS 0

Tem alguma dúvida? Confira o que CRB e CSA precisam fazer para ficar com o título
     │     0:05  │  1

Em campo, CRB e CSA decidirão quem será o 'Bom de Bola' de 2017 no futebol de Alagoas (Foto: AILTON CRUZ)

Em campo, CRB e CSA decidirão quem será o ‘Bom de Bola’ de 2017 no futebol de Alagoas (Foto: AILTON CRUZ)

Muita gente ainda se confunde. Se o CRB vencer o primeiro jogo por 2 a 0, por exemplo, haverá prorrogação na segunda partida se o CSA derrotar o Galo pela diferença de dois gols, independentemente do número de gols (2 x 0, 4 x 2, 6 x 4). Se o CSA ou CRB vencer amanhã por 3 a 0, por exemplo, e perder por dois gols de diferença no dia 7 de maio, conquista o título no tempo normal.

Não há gol qualificado para os visitantes, como na Copa do Brasil. Havendo empate na soma dos dois resultados das finais, teremos prorrogação. Persistindo a igualdade, o campeão será conhecido nos pênaltis.

A última vez que o Campeonato Alagoano foi disputado nos pênaltis foi em 2013. O CRB venceu um jogo, CSA o segundo e, nas penalidades, o Galo foi campeão estadual.

O CSA disputa a finalíssima, dia 7 de maio, com sua torcida no Rei Pelé por ter feito melhor campanha que o rival na classificação geral do campeonato. E foi por muito pouco. Os dois fizeram 36 pontos, têm 10 vitórias, mas o Azulão vence no saldo (20 x 17).

Amanhã, o mando é do CRB e, por determinação da Justiça, apenas os torcedores regatianos podem comprar ingresso para o jogo, que começa às 16h, no Rei Pelé. Na segunda partida, o mando é invertido.

O regulamento das finais é o mesmo para  a decisão do terceiro colocado. O ASA venceu o primeiro jogo, fora de casa, por 3 a 2, e joga pelo empate na tarde de hoje com o Murici, às 17h30, em Arapiraca. Se Alviverde vencer por um gol de diferença, haverá prorrogação. Com a igualdade no tempo extra, a terceira vaga na Copa do Brasil de 2018 será definida nos pênaltis.

Blog com matéria produzida pelo GloboEsporte/AL

COMENTÁRIOS 1

Flamengo pode poupar alguns titulares na final do Carioca
     │     0:04  │  0

Rubro-Negro poderá jogar decisão do estadual sem força máxima (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

O Flamengo está enfrentando uma maratona de jogos decisivos, que vai se estender por quase todo o mês de maio. Na noite de quarta-feira a derrota de 2 a 1 para o Atlético-PR, no Paraná, tornou ainda mais decisivo os dois confrontos finais pela fase de grupos da Copa Libertadores. Em meio a esse processo ainda tem a decisão do Campeonato Carioca e a estreia na Copa do Brasil.

Nos dois próximos domingos, às 16h (de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), o Flamengo encara o Fluminense pela decisão do Campeonato Carioca. Na quarta-feira da próxima semana tem choque com a Universidad Católica, também no Rio, pela Copa Libertadores. A partir de 10 de maio a estreia na Copa do Brasil contra o Atlético-GO. Este cenário pode fazer com que o técnico Zé Ricardo opte por preservar alguns titulares no duelo do próximo domingo pelo Estadual.

“Nós precisamos analisar o estado físico dos jogadores para depois tomarmos uma decisão. O Flamengo tem um elenco qualificado, que foi montado para poder suportar todas essas competições que nós teremos pela frente. Portanto, acredito que podemos trabalhar pensando em usar todo esse plantel. Vamos ver quem está bem para jogar no domingo e até mesmo para suportar a sequência de partidas”, disse Zé Ricardo.

O treinador vem perdendo jogadores importantes por conta de lesão. O meia Diego, com problema no joelho direito, só volta no fim do mês. O zagueiro argentino Alejandro Donatti, com dores musculares nas duas coxas, e o meia Everton, que sofreu entorse no tornozelo direito, não tiveram condições de enfrentar o Furacão e serão reavaliados. Os problemas se juntam a outros casos pontuais, como o do atacante colombiano Orlando Berrío, que vem cumprindo suspensão na Copa Libertadores e só poderá voltar na última rodada da fase de grupos, diante do San Lorenzo, na Argentina.

“Logicamente que a gente nunca gosta de perder jogadores, seja por motivo de lesão ou de suspensão. Mas é algo que infelizmente foge do nosso controle e que vem acontecendo com vários clubes. O importante é sempre levantar a cabeça e procurar as alternativas dentro do plantel para trabalhar a equipe da melhor maneira possível. Temos um elenco qualificado como venho falando”, disse Zé Ricardo.

Blog com Gazeta Esportiva

COMENTÁRIOS 0